Ecossistema marinho

Limpeza da Praia de Iracema abre programação da II Semana do Mar

Evento tem como temática principal o lixo marinho. Nesta tarde, haverá palestra do velejador Amyr Klink no Iate Clube de Fortaleza

Durante a ação, diversos estudantes recolheram lixo na praia ( Foto: Melquíades Júnior )
13:56 · 09.06.2018 / atualizado às 19:23
Durante a ação, diversos estudantes recolheram lixo na praia ( Foto: Melquíades Júnior )

Voluntários da Universidade Federal do Ceará e de projetos que têm como objetivo a limpeza dos mares e das praias, além da Marinha do Brasil, conduziram na manhã deste sábado (9) limpeza na Praia de Iracema, com retirada de lixo da areia e recolhimento de lixo embaixo d'água feito por mergulhadores voluntários. A ação marcou a abertura da II Semana do Mar, que nesta edição tem como tema principal o lixo marinho.

Hoje, 20 integrantes do Laboratório de Estudos do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará (UFC), do Programa de Educação Tutorial (PET) da UFC, dos projetos Mar do Ceará - Escola e Operadora de Mergulho, Limpando o Mundo, Associação Brasileira do Lixo Marinho (ABLM) e Marinha do Brasil participaram da ação de limpeza. Os canudos de plástico estão entre os principais itens encontrados pelos voluntários na ação.

Na última semana, os canudos de plástico foram assunto em evidência. Isso porque, no dia 7, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou Projeto de Lei 3794/2018, de autoria do vereador Jairinho (MDB), que trata da proibição do uso de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais.

Para Marcus Davis Braga, diretor de cursos e operações do projeto Mar do Ceará, a aprovação do PL indica que o Brasil pode estar tomando o caminho de países desenvolvidos. "Em alguns lugares do mundo é proibido o uso de qualquer descartável, então é uma ideia maravilhosa e, na minha opinião, o canudo plástico é totalmente dispensável", diz.

 

Ações ao longo do ano

Juaci Araújo, educador ambiental e idealizador do grupo Limpando o Mundo, destaca que o projeto, além da parceria na II Semana do Mar, trabalha com palestras, oficinas, exposições sobre o lixo marinho e monitoramento em áreas naturais como dunas e praias mais afastadas. “Temos esse trabalho de avaliar esses locais e desenvolver ações. A ideia é manter essa rede de amigos que se sensibilizam com o meio ambiente”. O projeto conta, atualmente, com 200 voluntários e busca patrocínio para a causa.

02

Ciclo de palestras

Neste primeiro dia da semana do mar, o velejador Amyr Klink ministra palestra às 17h, no Iate Clube de Fortaleza. Para a participação, a organização solicita a doação de 1 kg de alimento.

Além da palestra do velejador Amyr Klink e da temática do lixo marinho, também serão discutidas, em outras palestras ao longo da semana, a conservação do manguezal, mergulho recreativo e profissional, esportes de vela, surf e stand up paddle como superação, entre outros.

Haverá ainda exposições de peças de antiguidade náuticas, venda de peças de cristais resgatados do fundo do mar, estande da Prefeitura com doação de mudas, exposição de aquarismo, Oficina de bonecos marinhos de pano, exposições, entre elas "Terra em Movimento: E o mar virou sertão". O encerramento da semana contará com a participação especial do Coral da UFC.

Semana do Mar é realizada por um coletivo de entidades independentes que operam, estudam ou produzem conhecimento no mar, e têm o apoio da Marinha do Brasil, Universidade Federal do Ceará, Capitania dos Portos, Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e o Iate Clube de Fortaleza.

Serviço:

II Semana do Mar - SEMAR

Data: 9 a 12 de junho

Horário: 8h às 20h

Local: Iate Clube de Fortaleza, Av. Abolição, 4813 – Mucuripe

Entrada gratuita (sugerimos a doação de 1 kg de alimento/dia para quem for participar das

palestras)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.