Nesta semana

Índice de radiação ultravioleta em Fortaleza permanece em nível extremo

O Índice Ultravioleta (IUV) da Capital neste domingo (16) está na casa dos 11 e deve subir para 12 a partir de segunda (17)

09:58 · 16.09.2018 / atualizado às 10:25 por Redação Diário do Nordeste
Nível de radiação ultravioleta
Por estar próxima à linha do Equador, Fortaleza recebe uma quantidade maior de energia solar, que pode chegar a causar danos à saúde. ( Karolina Grabowska/ Pixabay/ Arquivo )

A Capital cearense continua entre as localidades que estão recebendo altos níveis de radiação ultravioleta. As informações são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Para este domingo (16), Fortaleza está com índice máximo previsto para 11, patamar considerado extremo pela Organização Mundial da Saúde (ONS).

A partir desta segunda-feira (17), a incidência deste tipo de radiação na Cidade deve subir ainda mais, passando para o nível 12 e permanecendo assim pelo menos até a sexta (21). A temperatura na Capital neste domingo varia de 24º a 32º Celsius coom probabilidade de chuva em 5%.

O Índice Ultravioleta (IUV) é uma medida da intensidade da radiação UV relevante aos efeitos sobre a pele humana, incidente sobre a superfície da Terra. Por estar próxima à linha do Equador, Fortaleza recebe uma quantidade maior de energia solar, que pode chegar a causar danos à saúde.

As reações da pele humana à exposição da radiação, graves ou não, podem ser divididas em duas classificações, segundo o INPE. As reações agudas, como queimaduras, bronzeamento e produção de vitamina D, se desenvolvem e desaparecem rapidamente; enquanto as crônicas, como fotoenvelhecimento e câncer de pele, têm aparecimento gradual e de longa duração.

Para evitar problemas graves, é necessário adotar medidas de proteção, como o uso constante de protetor solar, e buscar um dermatologista, no caso de qualquer alteração perceptível no corpo.

As categorias do IUV podem ser fragmentadas em baixa (abaixo de 2), moderado (de 3 a 5), alto (de 6 a 7), muito alto (de 8 a 10) e extremo (acima de 11). O IUV representa o valor máximo diário da radiação ultravioleta. Isto é, no período referente ao meio-dia solar, o horário de máxima intensidade de radiação solar.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.