Vulnerabilidade social

Fortaleza receberá projetos e ações de fundação da Suécia na área de Juventude

O acordo de cooperação entre a Prefeitura e a Fundação Fryshuset foi firmado nesta segunda-feira (14), em Estocolmo, e torna a capital cearense um polo da instituição sueca na América Latina

20:53 · 14.05.2018
Acordo de cooperação entre Prefeitura de Fortaleza e Fundação sueca
Segundo o prefeito Roberto Cláudio, o acordo vai "garantir novas ações na prevenção do crime e na violência juvenil" ( Foto: Divulgação )
Os jovens de Fortaleza, principalmente os que vivem em situações de vulnerabilidade social, contarão, em breve, com a assistência de projetos e ações sociais da Fundação Fryshuset, da Suécia. Nesta segunda-feira (14), em Estocolmo, o prefeito Roberto Cláudio assinou um Acordo de Cooperação Técnica entre o Município e a organização sueca, referência internacional em políticas para a Juventude – que devem reforçar, agora, a atuação da Rede Cuca na capital cearense.
 
Segundo ressalta o prefeito de Fortaleza, o acordo vai possibilitar a identificação dos jovens em situações de risco socioeconômico e “garantir novas ações na prevenção do crime e na violência juvenil”. Ainda conforme Roberto Cláudio, “a pretensão da fundação é de abrir, já no próximo ano, uma sede em Fortaleza para funcionar como uma nova unidade da Rede Cuca, numa ação financiada pela fundação e cofinanciada pela Prefeitura”.
 
Mediação
 
Dentre as ações da parceria, de acordo com a Prefeitura, está a escolha de Fortaleza como cidade-sede da América Latina para o programa “Peace Leaders” (Líderes da Paz), em que a Fryshuset trabalha “para a formação de jovens mediadores que vivem em comunidades vulneráveis socialmente”. 
 
O programa inclui um curso intensivo de gestão de conflitos, que será realizado neste ano, durante cinco dias, com cerca de 60 jovens líderes da paz da África, do Oriente Médio e da América Latina. Em Fortaleza, o evento acontecerá no mês de agosto.
 
Podem participar jovens entre 18 e 29 anos que tenham o objetivo de melhorar sua comunidade, além de pessoas com experiência prática ou acadêmica em relação à paz e à segurança ou profissionais que estão em contato com jovens próximos ou em risco de estar em conflito.
 
Fundação
 
Responsável por várias escolas, programas de formação profissional, cursos de teatro, música e esportes no país, a Fundação Fryshuset, vinculada à Prefeitura de Estocolmo, atua na execução e acompanhamento das políticas de juventude, notadamente na assistência aos jovens em situação de risco. 
 
A Fundação trabalha em quatro eixos: educação formal por meio de uma escola, políticas de cultura juvenil, políticas sociais nas comunidades de risco e uma dimensão de trabalho e empreendedorismo.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.