Em Fortaleza

Em protesto contra preço dos combustíveis, motoristas de aplicativos bloqueiam avenida do Aeroporto

Manifestação acontece desde a manhã desta quinta-feira (24)

16:37 · 24.05.2018 / atualizado às 20:50
manifesta
Longo congestionamento se formou na Av. Senador Carlos Jereissati nesta quinta-feira, principalmente próximo ao Aeroporto de Fortaleza ( Foto: VC Repórter )

Uma manifestação organizada por motoristas de aplicativo, como Uber, contra os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis chegou a bloquear completamente a Avenida Senador Carlos Jereissati, a do Aeroporto Internacional Pinto Martins, desde a manhã desta quinta-feira (24). Segundo relatos de leitores do Diário do Nordeste, um longo congestionamento se formou na região. O protesto aconteceu um pouco antes do Aeroporto, para quem vem do Montese

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o protesto começou na manhã desta quinta-feira, quando os manifestantes bloquearam os dois sentidos da via, permitindo o tráfego de veículos em apenas uma das faixas. Após uma pausa, a manifestação foi retomada no início da tarde, por volta de 13h30. A PRE explicou que apenas duas faixas estão bloqueadas direto, mas que há momentos em que os motoristas cantam o Hino Nacional e bloqueiam toda a via nos dois sentidos. 

A PRE também infomou que a via foi liberada no início da noite. 

Leia mais

>Eunício retorna para Brasília para negociar fim da greve dos caminhoneiros
>Greve só acaba com publicação da isenção de impostos no DOU, diz Abcam
>Manifestação de caminhoneiros segue em pelo menos 11 cidades do Ceará pelo quarto dia
>Dois voos são cancelados em Juazeiro do Norte por conta da greve dos caminhoneiros

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.