Sistema público

Convênio entre Prefeitura e instituições realizará 3,6 mil cirurgias oftalmológicas em Fortaleza

No primeiro momento, serão priorizadas as cirurgias de catarata, informa a Secretaria Municipal de Saúde

12:39 · 11.04.2018 / atualizado às 13:32
catarata
Atualmente, há 8 mil pessoas aguardando procedimentos oftalmológicas no Ceará, das quais 2,2 mil dizem respeito à cirurgias da catarata ( Foto: Arquivo )

A Prefeitura de Fortaleza anunciou nesta quarta-feira (11) que fechou um convênio com três instituições da Capital para a realização de 3,6 mil cirurgias oftalmológicas, destinadas ao pacientes que aguardam o procedimento no sistema público. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as intervenções serão realizadas na Fundação de Ciência e Pesquisa Maria Ione Xerez Vasconcelos (Funcipe), no Instituto Clarear e no Instituto dos Cegos do Ceará.

Leia ainda:

> Catarata atinge mais mulheres do que homens, diz estudo

> 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados ou tratados

Orçado em aproximadamente R$ 4 milhões, o convênio entre a Prefeitura e as três instituições foi oficializado nesta manhã, em cerimônia realizada no Instituto dos Cegos do Ceará, no bairro São Geraldo. Segundo a SMS, atualmente há 8 mil pessoas aguardando cirurgias oftalmológicas no Ceará, das quais 2,2 mil dizem respeito à cirurgias da catarata, que serão priorizadas num primeiro momento.

De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, as cirurgias começarão a ser realizadas imediatamente, obedecendo dois critérios: tempo de espera e grau de risco dos pacientes. Nos próximos seis meses, um outro convênio deve ser criado para que 900 procedimentos sejam feitos por mês, informou a SMS.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.