Educação

Ceará tem o maior número de finalistas do Brasil na Olimpíada Nacional de História

Ao todo, 118 equipes representarão o Estado, de 311 que foram convocadas em todo o País.

17:08 · 05.07.2018 / atualizado às 17:51

O Ceará é o estado brasileiro com o maior número de finalistas na 10ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que será realizada nos dias 18 e 19 de agosto na Unicamp, em Campinas, São Paulo. Ao todo, 118 equipes representarão o Estado, de 311 que foram convocadas em todo o País. 

Com o segundo maior número de participantes na final, o Rio Grande do Norte levará 46 equipes; seguido de São Paulo, com 44 equipes; Pernambuco, com 34; e Bahia, sendo representada por 12 equipes. Juntos, os quatro estados nordestinos correspondem a 67% do número total de finalistas na competição.

Em Fortaleza, o sonho de participar da competição para a Escola de Ensino Médio Liceu do Conjunto Ceará, no entanto, depende da solidariedade. A insituição classificou 5 equipes para a final do evento, mas não dispõe de recurso financeiro para mandar todo o grupo, formado por 15 alunos e 3 professores. Para isso, uma campanha foi lançada na internet, em que doações podem ser realizadas numa vaquinha online.

Com início em maio deste ano, a 10ª Olimpíada Nacional em História do Brasil chegou a ter 14,3 mil equipes participantes, 18% a mais que no ano anterior, atingindo o recorde de participações. A competição é aberta a estudantes dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e todos os anos do Ensino Médio, sejam de escolas públicas ou particulares. 

A ONHB teve seis fases online, com duração de uma semana cada. As questões de múltipla escolha e realização de tarefas foram respondidas pelos participantes por meio de debate com os colegas, pesquisa em livros, internet e orientação do professor.

Mais Informações:

As doações à Escola Liceu do Conjunto Ceará podem ser feitas no link abaixo:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-15-estudantes-e-3-prof-res-a-viajarem-a-final-de-olimpiada

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.