Cidadania

Bairro Edson Queiroz recebe prestação de serviços da Ação Verdes Mares

Emissão de carteira de identidade e corte de cabelo estiveram entre os serviços mais procurados

12:26 · 30.06.2018 / atualizado às 12:36
Ação Verdes Mares
Durante a Ação foram realizados testes de hepatite e aplicadas doses da vacina contra a hepatite B ( Foto: Kléber A. Gonçalves )

Cerca de mil moradores do bairro Edson Queiroz e adjacências foram beneficiados com uma série de serviços promovidos na segunda Ação Verdes Mares de 2018. Entre as novidades desta edição esteve a parceria para a realização da ação dentro de um colégio, a Escola Municipal Professor Mattos Dourado, e a conscientização sobre a hepatite em decorrência do julho amarelo, mês de prevenção e controle das hepatites virais.

Júlio César, produtor de eventos do Sistema Verdes Mares, destaca que a parceria para a realização da Ação dentro das escolas deve continuar. "Essa escola foi sugerida pela prefeitura por ser bem conhecida pela população e ter um espaço bem amplo para a realização de todos os serviços", detalha.

De acordo com ele, a escolha do bairro partiu da solicitação da Ação por parte dos moradores. Estiveram entre os serviços mais buscados a emissão de carteira de identidade, corte de cabelo, aferição de pressão, serviços de triagem e rastreamento de glaucoma, além dos serviços relacionados à conscientização sobre a hepatite.

Em parceria com as Secretarias de Saúde do Estado e Município e com o Grupo ABC Vida de Apoio ao Portador de Hepatite, a Associação Cearense dos Pacientes Hepáticos e Transplantados (Acephet), realiza ações de conscientização sobre a hepatite e esteve alertando o público sobre o perigo da hepatites A, B e C e sobre como a doença pode ser silenciosa. Foram distribuídas durante o evento doses da vacina, além de preservativos.

De acordo com o presidente da Acephet, Wilter Ibiapina, no Ceará, 50% dos transplantados do fígado o fizeram em decorrência do vírus da hepatite C. "É uma ótima oportunidade para que a comunidade faça o teste da hepatite B e C. É importante lembrar que existe a vacina apra a hpeatite B, que pode ser muito mais perigosa que o HIV e é transmitida pelo sexo", destaca.

Além disso, ele detalha que a hepatite C pode ficar de 20 a 30 anos instalada no ser humano sem se manifestar. "Então todo cuidado é pouco". O próximo dia 27 de julho é lembrado como o Dia Mundial das Hepatites Virais.

O entretenimento ficou por conta da apresentação da Banda Fanfarra Mattos Dourado, apresentação da Quadrilha Brilho da Noite, teatro de bonecos, aula de zumba, pipoca e pula-pula para as crianças.

Mondubim

O bairro Mondubim será o próximo a receber a Ação Verdes Mares, no próximo dia 14 de julho. A escola que sediará a prestação de serviços ainda será divulgada.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.