INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Av. Beira-Mar recebe esquema de trânsito especial para desfile de 7 de setembro

O tradicional desfile cívico-militar contará com a participação de 4.300 militares, além de 4.200 estudantes. Saiba quais vias serão bloqueadas durante a cerimônia

Exército, Marinha, Força Aérea, Polícia Militar do Estado do Ceará, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Municipal de Fortaleza e Grupo de Apio Penitenciário compõem o efetivo do desfile
10:21 · 06.09.2018 / atualizado às 16:14

Das margens plácidas do Ipiranga à Praia de Iracema, ano após ano, o País para no dia 7 de setembro, para comemorar a Independência do Brasil. Em Fortaleza, o tradicional desfile cívico-militar acontece na Avenida Beira-Mar, às 9h da manhã. A Prefeitura de Fortaleza desenvolveu um esquema de trânsito especial para a ocasião.

De acordo com informações da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a operação prevê "o bloqueio das avenidas Pessoa Anta, Almirante Barroso, Historiador Raimundo Girão e Beira-Mar, no trecho compreendido entre a Av. Alberto Nepomuceno e o Mercado dos Peixes, além da Av. Abolição, desde a Frei Mansueto à Via Expressa", explica o órgão. 

"O percurso será dividido em área de concentração, área de cortejo e área de dispersão. A previsão é que a operação seja finalizada às 13 horas", complementa a AMC.

Ao todo, um efetivo operacional composto por 190 agentes da AMC e orientadores de tráfego disciplinará o trânsito na região, assegurando o fluxo dos pedestres, assegura a AMC.

Para facilitar o acesso à Avenida Beira-Mar, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) reforçará a frota de coletivos. "Ao todo, serão 52 veículos extras à disposição do controle operacional dos terminais de integração, a partir das seis horas da manhã até o retorno por volta das 20h, facilitando o deslocamento da população ao evento e às praias", revelou a instituição.

Segundo a AMC, o trabalho terá início às 23 horas da quinta-feira (6), quando agentes de trânsito darão início a coibição do estacionamento ao longo da Av. Beira-Mar, no trecho entre a Av. Rui Barbosa e o Mercado dos Peixes. A iniciativa visa assegurar a tranquilidade do desfile e a segurança dos espectadores. Às 6 horas da sexta-feira (7), serão iniciados os bloqueios para auxiliar a chegada das tropas militares e dos alunos que participarão do cortejo.

Desfile

O Exército Brasileiro informa que um efetivo de cerca de 1.600 militares se unirão a agentes da Marinha, Força Aérea, Polícia Militar do Estado do Ceará, Corpo de Bombeiros Militar, Guarda Municipal de Fortaleza e Grupo de Apio Penitenciário — somando um grupo de 4.300 militares, ao todo.

Destaque tradicional do desfile, os "pracinhas" também se apresentam na edição de 2018. O grupo é formado por ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira, que lutaram na Segunda Guerra Mundial contra a ascensão do nazi-fascismo. Nessa edição, assim como no ano passado, um grupamento feminino irá se apresentar, marcando a entrada de mulheres na linha bélica do Exército Brasileiro, desde o ano passado.

Além dos militares, um grupo de, aproximadamente, 4.200 estudantes de escolas estaduais, municipais, e particulares — além de integrantes de associações e projetos — participa da abertura da cerimônia. Grupos de escoteiros, entidades religosas e associações civis das mais diversas finalidades também estão inclusos. 

A área de estacionamento para quem quiser prestigiar o evento será nas vias transversais às avenidas Abolição e Monsenhor Tabosa, ressaltando que não pode estacionar nas esquinas ou em locais destinados à entrada e saída de veículos. Devido aos bloqueios, os semáforos da região serão ajustados para se adequar ao fluxo.

Durante o feriado, a Autarquia continuará realizando o atendimento às ocorrências nos principais corredores da cidade. O contato com a Central de Atendimento da AMC pode ser feito através do 190.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.