Pesquisa

Após limite de velocidade reduzido, número acidentes na Av. Leste-Oeste cai 54%

Em fevereiro, o limite de velocidade na Avenida Leste-Oeste passou de 60 km/h para 50 km/h.

Foto: José Leomar
18:20 · 04.07.2018 / atualizado às 18:36

O número de atropelamentos na Avenida Leste-Oeste, em Fortaleza, reduziu em 63%, de acordo com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). A pesquisa, feita pelo órgão, também divulgou que houve uma diminuição de 54% na quantidade de acidentes com vítima. Os dados apresentaram uma redução considerável, apenas cinco meses após a Prefeitura de Fortaleza ter implantado a diminuição da velocidade na avenida.

O levantamento considerou os dados entre 5 de fevereiro e 30 de junho de 2017 e o mesmo período de 2018. A quantidade de atropelamentos passou de 11, neste período de 2017, para apenas quatro, no mesmo período de 2018. Já os dados de acidentes com vítimas, passou de 52, em 2017, para 24 em 2018. 

Para a AMC, a Leste-Oeste era considerada perigosa, tendo em vista a quantidade de pedestres mortos em acidentes. “Essa diminuição é reflexo da política de segurança viária adotada em Fortaleza que vem atuando nas vias com maior registro de acidentalidade. Devido ao conjunto de intervenções que a Leste-Oeste recebeu, contemplando um novo limite de velocidade, semáforos, revitalização da sinalização e ciclofaixa, hoje permite um deslocamento mais seguro aos transeuntes”, esclarece o superintendente do órgão, Arcelino Lima. 

Em fevereiro, o limite de velocidade na Avenida Leste-Oeste passou de 60 km/h para 50 km/h. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.