Etapa Regional

Alunos do IFCE ficam com melhor colocação entre escolas públicas na Olimpíada Brasileira de Robótica

A equipe do campus de Caucaia alcançou a quarta colocação geral se consideradas também as instituições particulares

Os alunos conquistaram o quarto lugar no geral e o primeiro entre as escolas públicas do Ceará ( Foto: reprodução )
20:32 · 28.09.2017 / atualizado às 23:12

Uma equipe de quatro alunos do campus Caucaia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) conquistou o primeiro lugar entre as escolas públicas na etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) 2017. Os estudantes participaram da competição que ocorreu em Fortaleza, no último dia 23. Mesmo sem prosseguir para a etapa nacional este ano, já que só o primeiro lugar geral segue para a próxima fase, a meta já é alcançar novos lugares ano que vem.

Igor Targino, Gabriela Moreira, Mário César Freire e Yang Feitosa, que formaram a equipe orientada pelo professor Pedro Henrique Miranda, já vinham se preparando desde o ano passado. "Eu trabalho com esses meus alunos há quase dois anos, mas eles não haviam participado ainda", conta o orientador.

Além do ouro entre as escolas públicas, a equipe do IFCE de Caucaia alcançou a quarta colocação geral se consideradas também as instituições particulares. “É uma conquista muito representativa para o ensino público, para o IFCE e, particularmente, para esses alunos que se motivam ainda mais e servem de inspiração para futuros competidores”, descreveu Pedro Miranda.

Preparação

A tarefa estabelecida pela OBR, por exemplo, também requer que os alunos entendam um pouco de programação, o que fez com que eles começassem os estudos bem antes. "Toda sexta-feira a gente se reunia e ia criando familiaridade com o assunto", conta Pedro.

A Olimpíada Brasileira de Robótica, que ocorre desde 2006, é considerada o maior evento de robótica da América Latina. O objetivo principal do evento é estimular os jovens nas carreiras científico-tecnológicas, além de identificar os talentos. Além disso, os estudantes de qualquer escola pública ou privada estão aptos a participar, seja em nível fundamental, médio ou técnico. Ao todo, são duas modalidades: a prática e a teórica. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.