No Demócrito Rocha

Ação Verdes Mares implanta horta em escola pública de Fortaleza

As plantas e hortaliças cultivadas no espaço serão utilizadas como complemento da merenda escolar

13:54 · 01.09.2018 / atualizado às 14:18
cabelo
Serviços de beleza, saúde, orientação jurídica e financeira foram outras atividades disponibilizadas no Ação Verdes Mares ( FOTO: Helene Santos )
horta
Com 30 espécies de plantas e hortaliças, a horta da escola vai ser mantida pelos próprios alunos, dentro do programa de aulas da escola ( FOTO: Helene Santos )

A Escola Municipal José Bonifácio, no bairro Demócrito Rocha, recebeu, na manhã deste sábado (1º), as atividades do Ação Verdes Mares. Nesta edição, a iniciativa teve uma novidade, que foi a implantação da Horta Ação VM, espaço de cultivo de plantas e hortaliças, na própria escola. "Essa horta vai ser utilizada como apoio para a merenda escolar e também achamos interessante porqui aqui é um espaço onde a gente pode trabalhar o protagonismo do aluno", explicou a diretora da escola, Silvia Socorro Alves Nascimento.

Com mudas doadas pelo próprio Sistema Verdes Mares e pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), a horta já reúne 30 espécies de plantas, que serão diariamente cuidadas pelos alunos da escola. "A nossa ideia é que a cada dia venha uma turma cuidar desse espaço", detalhou a diretora. "Até o nosso cafezinho vai ser substituído por chá", acrescentou o professor Wanderley Pinheiro, um dos responsáveis por inserir as atividades com as plantas dentro do programa escolar.

Outras atividades

Além da inauguração da horta, o Ação Verdes Mares levou, para a comunidade, palestras informativas, apresentações artísticas, serviços de beleza e saúde, orientação jurídica e financeira e brinquedos para as crianças. A aposentada Mirian dos Santos, 72, foi em busca de aferir a pressão e fazer o exame de glicemia, e aproveitou para levar toda a família. "Meu genro tá cortando o cabelo, meu neto tá ali fora brincando, tem uma filha minha que está aqui também, e eu vim a capoeira, que acho muito bonito", listou.

A doméstica Erilene Magalhães, 35, foi acompanhando a filha Mislene, de 13 anos, que estuda na escola e ia se apresentar no coral. "Quando cheguei aqui vi a horta e achei muito interessante, acho que vai até ajudar minha filha a se alimentar melhor", disse. 

Os alunos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade de Fortaleza (Unifor) estavam conscientizando, por meio de jogos, sobre a importância de reciclar resíduos, enquanto os alunos da Engenharia Elétrica fizeram palestras sobre maneiras de reduzir a conta de energia. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.