requalificação

Obra do Polo Gastronômico da Varjota começa em setembro

Ao todo, serão 10 trechos da Rua Ana Bilhar com Rua Frederico Borges que vão receber mudanças

As intervenções preveem o remodelamento de 1,5 km das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, que terão como prioridade pedestres e ciclistas ( FOTO: NATINHO RODRIGUES )
01:00 · 01.08.2018 por João Lima Neto - Repórter

Quem percorre o bairro Varjota pode encontrar uma variedade de restaurantes com os mais variados cardápios. Da comida regional até a oriental. Com o objetivo de requalificar o espaço para se tornar um novo ponto de encontro de turistas e moradores, a região passará por uma série de intervenções viárias e paisagísticas. Na manhã de ontem, o prefeito Roberto Cláudio anunciou, no Paço Municipal, o início das obras para segunda quinzena de setembro deste. Ao todo, serão 10 trechos da Rua Ana Bilhar com Rua Frederico Borges que vão receber mudanças. O novo corredor deve entregue em setembro de 2019.

As intervenções preveem o remodelamento de cerca de 1,5 km das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, que terão como prioridade pedestres e ciclistas, além de uma completa revitalização física da estrutura das vias e passeios localizados em todo o quadrilátero do bairro Varjota. As ruas passarão a contar com intervenções urbanísticas como parklets (áreas contíguas às calçadas, onde são construídas estruturas a fim de criar espaços de lazer e convívio), cruzamentos com passagem elevadas para pedestres, drenagem, alargamento de calçadas, jardineiras e paisagismo, assim como nova iluminação com fiação embutida, mobiliários e o reordenamento do tráfego local.

Em reunião com empresários, donos de bares, restaurantes, comerciantes, moradores e investidores da região, a Prefeitura dialogou com as ações para reduzir os impactos econômicos durante a execução dos serviços. Juntos, Prefeitura e comerciantes, decidiram iniciar as intervenções pelos trechos seis e dez, que correspondem respectivamente aos cruzamentos das ruas Frederico Borges com Antônio Justa e Ana Bilhar com Manoel Jesuíno.

De acordo com Roberto Cláudio, a atividade possibilitará, além de uma melhoria no passeio dos mais de 110 estabelecimentos da região, um fortalecimento no turismo local. "Definimos um cronograma de obras. A expectativa é que entre o dia 15 e 30 de setembro demos início. Discutimos que frentes de serviço devem ser iniciadas antes da abertura da alta estação da Capital. Como a gente não quer impactar esse período, é importante esse planejamento".

Acessos

No encontro no Paço Municipal com os comerciantes, o prefeito pode ouvir também os anseios dos empresários que atuam na localidade. A maior preocupação deles são os acessos durante as intervenções. "Ainda definiremos com os empresários que trechos trabalharemos nos meses dezembro e janeiro. A ideia é observar o ritmo das primeiras frentes de trabalho. A expectativa é que inauguremos em setembro do próximo ano. Envolve drenagem, novo pavimento e piso intertravado. Vamos alargar e padronizar as calçadas. Será uma área de grande atividade turística e para quem mora na cidade", disse o gestor.

A comerciante Ana Campos diz que aguarda as obras do Polo da Gastronômico desde 2012. "Queremos a garantia de acesso de veículos e pedestres. Saio mais tranquila dessa reunião, pois sinalizaram um modelo de obra que não afete o nosso trabalho". A empresária Isabella Cantal acredita que com as mudanças, a requalificação irá atrair um novo público. "Nossa preocupação é como vai ficar nosso cliente nesse período de obras. Acreditamos que vai ser melhor do que está atualmente. Quando terminar, teremos mais visibilidade e será ponto de turistas", destaca Isabella.

As verbas utilizadas na obra só foram possíveis após o aval do Ministério do Planejamento e da Fazenda, Senado Federal e publicação no Tesouro Nacional. Ao todo, foi liberado o montante de aproximadamente R$ 250 milhões oriundos do contrato de financiamento firmado com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Os recursos estão sendo aplicados nas intervenções para a construção da nova Avenida Beira-Mar, requalificação do polo gastronômico da Varjota e na área de segurança do Município. Em fevereiro do ano passado, o prefeito reuniu empresários para apresentar o projeto "Polo Varjota". Inicialmente, as obras estavam previstas para serem entregues no ano passado.

INFO

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.