aeroporto

Nova via deve beneficiar sete bairros da Capital

A intervenção tem como objetivo melhorar o trânsito para quem deseja acessar o Aeroporto de Fortaleza

01:00 · 27.06.2018

Com o objetivo de facilitar o acesso de entrada e saída do Aeroporto Pinto Martins e melhorar o fluxo de carros no centro do Bairro Montese, uma nova via foi projetada pela Secretaria de Conservação de Obras e Serviços Públicos (CSSP) junto à Secretaria Municipal de Infraestrutura. A demanda surgiu depois que os órgãos perceberam que muitas pessoas não querem ir para o Montese, mas usam a área do centro do bairro como tráfego de passagem para o aeroporto, sobrecarregando o Sistema Viário do Montese. Quando consolidada, a via deve beneficiar sete bairros que, atualmente, passam pelo centro do Montese para chegar ou sair do aeroporto de Fortaleza: Bairro de Fátima, Itaóca, Vila União, Itaperi, Centro, Aldeota e Parangaba.

De acordo com a arquiteta do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), Emiliana Gifoni, o principal cruzamento do Montese, que é da Rua Barão de Sobral (continuação da Avenida Carlos Jereissati, que dá acesso ao aeroporto) com Isaie Bóris chega a concentrar 4.700 veículos por hora vindos de todos os pontos.

Fluxo

Emiliana conta que, durante a construção do binário do Montese, identificou-se um grande fluxo de veículos que estavam no centro do Montese porque queriam ir para o Aeroporto, e não precisariam estar lá necessariamente. Foi percebido que, mesmo colocando semáforos, binários e realizando outras obras no local, o problema não seria resolvido. "Dessa forma, pensamos em fazer uma ligação que passasse por fora do Centro do Montese, tirando a população que quer ir para o Aeroporto. Porque se hoje tem todo esse fluxo, imagine quando o aeroporto ficar maior. Essa via nova vai proporcionar que só vá para o Centro do Montese quem realmente quiser, porque ela contorna o local", explica.

Assim, quem vir do Centro de Fortaleza, Avenidas Expedicionários e Luciano Carneiro, terão acesso direto à Avenida Carlos Jereissati, às margens do Aeroporto. A nova via terá apenas 320 metros, mas que devem ser de grande diferença, conforme informou a arquiteta.

A princípio, pelo menos 1.200 veículos vão migrar do Centro do Montese para lá. "São pessoas que não precisam estar no Centro, elas vão usar essa via com certeza. Com a expansão do aeroporto a tendência é que esse número (1.200) aumente. Apesar de não sabermos quando vai começar ou ficar pronto, o uso será consolidado de forma muito rápida", afirma Emiliana.

Expansão

Segundo o titular da Secretaria de Conservação de Obras e Serviços Públicos (CSSP), Luiz Alberto Sabóia, o projeto conceitual foi pensado pelo Paitt há três anos, já visando a expansão do aeroporto de Fortaleza. Em seguida, ele foi apresentado para a Fraport como melhoria do acesso e enviado ao Comando da Aeronáutica, que analisou a obra e aprovou. O terreno é da Infraero e o investimento é da Fraport, que resolveu não se pronunciar sobre o assunto.

Sabóia também afirmou que um relatório de impacto de trânsito está sendo feito pela Autarquia Municipal de Trânsito. Com esse relatório, o órgão de trânsito pode determinar que a empresa faça algum ajuste para diminuir problemáticas que possam vir a surgir. A equipe de reportagem entrou em contato com a AMC, mas não obteve resposta sobre o diagnóstico.

mapa trafego

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.