Jornada mundial

Missa celebra a chegada de réplica do Cristo

01:47 · 28.09.2012
Réplica já passou por Roma, Paris, Brasília, Belo Horizonte, Aracaju e Curitiba. Monumento é símbolo da JMJ

Os fiéis da Igreja de Fátima tiveram um momento especial, na tarde de ontem, com a realização da missa com a presença da réplica da estatua do Cristo Redentor, para divulgar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 23 e 28 de julho de 2013, com a presença do papa Bento XVI. O evento espera reunir, de acordo com a organização, aproximadamente dois milhões de jovens.

Réplica do Cristo, uma homenagem a um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro, vai divulgar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) FOTO: FABIANE DE PAULA


A réplica do Cristo Redentor, uma homenagem aos 80 anos de um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro, celebrado ano passado, chega a Fortaleza depois de passar por outras seis cidades do mundo. A Capital cearense foi escolhida como ponto estratégico de divulgação da JMJ Rio2013, evento que terá o monumento do Cristo Redentor como seu embaixador.

O lançamento da exposição contou com a presença do Reitor do Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor do Corcovado e membro do Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013, padre Omar Raposo, que presidiu a celebração eucarística no Santuário de Fátima. Durante a celebração, ele fez questão de esclarecer a origem do Cristo Redentor, construção da engenharia brasileira, e não um presente da França, como muitos acreditam.

Emoção

No momento de mais emoção da missa, a imagem de Nossa Senhora de Fátima, ao som de fogos e acompanhada pelas palmas dos fiéis que lotaram o santuário, foi levada de encontro à réplica do Cristo Redentor. Em seguida, a estátua foi ungida com água benta pelo pároco do Santuário de Fátima, Padre Ivan de Souza.

Para ele, receber a réplica na igreja é um sinal de comunhão, união e fé, além de servir como um chamado para todos retomarem os caminhos do senhor. "É hora de responder quem é Jesus e como seguir seus caminhos. É hora de unirmos a juventude, as famílias, todos nós em uma caminhada", ressalta.

O padre Omar Raposo ressalta que a estátua foi um presente da Arquidiocese do Rio de Janeiro para a de Fortaleza e que a escolha do Cristo Redentor como embaixador da Jornada Mundial da Juventude ocorreu em virtude do monumento católico ser o maior símbolo do Brasil internacionalmente.

"É uma maravilha de todos os brasileiros. Faz parte da nossa fé e da nossa alegria. Receber a estátua como símbolo da Jornada Mundial significa que tal relação do monumento com o povo brasileiro vai caracterizar o Brasil como um país católico", diz.

Exposição

A réplica do Cristo Redentor do Corcovado exposta possui 3,8 metros e foi esculpida pelo artista plástico Odilon Lima.

Além dela, o público também tem acesso a um material gráfico que conta a história do monumento. Segundo o bispo auxiliar de Fortaleza, dom José Luis Vasconcelos, a ideia é que seja realizada uma peregrinação da réplica nas paróquias da Arquidiocese da Capital.

A imagem já foi doada a Dioceses de Brasília, Belo Horizonte, Aracaju, Curitiba, Roma e Paris.

RENATO BEZERRA
ESPECIAL PARA CIDADE

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.