EDUCAÇÃO

Instituto Myra Eliane inicia obras de Complexo em Caucaia

A nova unidade atenderá até 720 crianças da rede municipal de Educação em período integral

O prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, e o presidente do Instituto Myra Eliane, Igor Queiroz Barroso (no centro), durante a solenidade de lançamento do canteiro de obras do Centro de Educação Infantil Olga e Parsifal Barroso ( Foto: Thiago Gadelha )
01:00 · 10.04.2018

Cerca de sete meses é o prazo previsto para que a comunidade do Araturi, no Município de Caucaia, receba um novo equipamento para fortalecimento da educação. Trata-se do Centro de Educação Infantil Olga e Parsifal Barroso, iniciativa do Instituto Myra Eliane e que servirá como modelo do projeto Valores Humanos na Educação Infantil. As instalações do canteiro de obras foram lançadas em solenidade na tarde de ontem.

Quando pronta, a unidade atenderá até 720 crianças da rede municipal de Educação, na faixa etária de 2 anos até 5 anos e nove meses de idade, em período integral. No terreno de 17 mil metros quadrados, doado pela Prefeitura de Caucaia, será construído o equipamento composto por ginásio poliesportivo, teatro grego para 180 pessoas, 24 salas com capacidade para 30 estudantes cada, refeitório, salas de atividades laborais, pista de corrida, areninha, além de um centro de formação de professores e centro de revitalização das etnias indígenas e quilombolas.

Para o presidente do Instituto Myra Eliane e diretor do Grupo Edson Queiroz, Igor Queiroz Barroso, o novo complexo educacional permitirá mudanças positivas, não só para os estudantes mas também para os pais, que terão a oportunidade de frequentar um centro de profissionalização na escola. "Eu quero que a realidade da comunidade mude para melhor e que esse equipamento seja usado também pelos pais, para melhorar a vida deles, com cursos técnicos, para aumentar a empregabilidade, o empreendedorismo", afirma.

Conforme explica, a metodologia a ser utilizada pelo Centro Educacional vem para agregar as diretrizes do Ministério da Educação (MEC), com uma formação complementar dando mais ênfase aos valores humanos, "como o amor, a paz interior, a verdade espiritual, a ação correta e a não violência. Vem para ênfase disso, acabar com o bullying, a violência dentro das escolas, para que o ser humano possa criar um sonho dentro de si e realizar esse sonho", destaca Igor Queiroz Barroso.

Modelo

Para o prefeito de Caucaia, Naumi Amorin, o equipamento será a oportunidade para outras cidades refletirem sobre esse modelo de Educação. "A população de Caucaia está recebendo um grande presente, de ter aqui uma escola de tempo integral, que vai acolher mais de 700 crianças, permitindo que os pais possam ir trabalhar e deixar seus filhos aqui nesta escola. Digo que nós estamos muito contentes, a Prefeitura está doando o terreno e o Instituto Myra Eliane está construindo. Aqui não vai ter apenas a escola, teremos areninha, brinquedos, academia ao ar livre, toda a Jurema e Caucaia vão ganhar um presente", garante o gestor municipal.

O projeto Valores Humanos na Educação Infantil foi lançado pelo Instituto Myra Eliane em fevereiro do ano passado, em parceria com o Ministério Público do Ceará, por meio do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ).

O projeto já foi implantado em quatro municípios cearenses: Caucaia, Eusébio, Horizonte e São Gonçalo do Amarante. Outros sete municípios já assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), a fim de participar do projeto.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.