Natal de Luz

Iniciativa troca garrafas pet por mudas de planta

03:37 · 05.12.2012
A expectativa é que 100 mil mudas de árvores frutíferas e medicinais sejam distribuídas até o dia 23

Além de deixar a cidade mais bonita com a decoração natalina, a 16ª edição do Ceará Natal de Luz também está distribuindo 100 mil mudas de árvores frutíferas e medicinais até o dia 23 de dezembro, em Fortaleza. A iniciativa colabora para que a cidade fique mais arborizada, o que é um dos objetivos da campanha "Plante uma árvore. Semeie esta ideia", iniciada pelo Grupo Edson Queiroz, em março deste ano. A ação também pretende incentivar a criação e a recuperação de áreas verdes.

Na Praça do Ferreira, onde há um dos postos de troca, sete tipos de plantas estão disponíveis. As garrafas pet são doadas ao Projeto Recicla Foto: José Leomar


Para adquirir uma muda, basta trocá-la por uma garrafa pet nos estandes da Praça do Ferreira, dos shoppings Salinas e Aldeota e na Avenida Beira-Mar, em frente ao Náutico e ao lado da feirinha de artesanato. A intenção, de acordo com o coordenador de distribuição de mudas do Ceará Natal de Luz, Roberto Albuquerque, é despertar a consciência ecológica nas pessoas.

Este é o sétimo ano da campanha, que pretende distribuir um milhão de mudas em dez anos. Até o momento, segundo Roberto Albuquerque, já foram entregues 600 mil mudas. "Esses locais foram escolhidos pela concentração de pessoas. Em vez de jogarem a sua garrafa de refrigerante no lixo, podem ir até o estande e trocar por uma muda de árvore. É um ato simbólico que faz a diferença", ressalta.

O perfil de quem procura as mudas de árvores é bem variado, de acordo com o coordenador de distribuição. "São escolas, pessoas que têm sítios, donos de restaurantes", cita.

As garrafas pet arrecadadas são doadas ao Projeto Recicla, sediado no bairro Caça e Pesca. Em 2011, de acordo com Roberto Albuquerque, foram coletadas cerca de 80 mil garrafas, em um total de 4.210 kg de material reciclável.

Troca

No estande da Praça do Ferreira, de acordo com Sérgio Silvestre, que faz a distribuição das mudas nesse local, são sete tipos disponíveis. "Temos mudas de goiaba, caju, acerola, ata e pitanga e as medicinais eucalipto e noni". Até outubro, a Secretaria do Meio Ambiente do Município (Semam) já promoveu o plantio de cerca de 3.500 mudas na cidade. Entre os bairros que mais receberam mudas, estão o Jangurussu e o Vila do Mar, com 500 mudas cada um e a Parangaba, Lagoa do Opaia e o Riacho Maceió, com 300 cada.

Além do Ceará Natal de Luz, o Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Copam) também faz doação de mudas na Semana da Árvore, em março. Neste ano, foram entregues seis mil plantas.

Para o coordenador do Movimento Pró-árvore, Antônio Sérgio Farias Castro, as campanhas de distribuição de mudas têm a sua importância, mas as pessoas deveriam se informar melhor sobre como cuidar dessas plantas. "A árvore é um ser vivo que precisa de cuidados por, pelo menos, cinco anos para se desenvolver".

O aposentado Francisco de Assis Morais, que mora na Aerolândia, levou três mudas para seu o sítio em Maranguape. "Estou levando goiabeira, cajueiro e tamarindo. Eu mesmo vou prestar atenção nos cuidados com elas", promete.

SAIBA MAIS

Cuidados com as mudas

1. Buscar a espécie correta

Árvores frutíferas nem sempre são adequadas para serem plantadas na calçada de casa, com exceção do pé de tamarindo, que é mais resistente. O ideal é plantar no quintal

2. Preparar o terreno

O adubo mais indicado é o orgânico curtido. Deve-se respeitar uma margem de três metros, para que a raiz da planta se desenvolva, e cobrir com palha moída, para que o sol não atinja diretamente a raiz da planta

3. Acompanhe o crescimento

Só plante árvores em parques e praças se tiver a certeza de que alguém irá regá-las com a frequência correta. Até que a planta tenha o caule mais grosso, é preciso amarrá-la a uma vara. Quando o caule começar a crescer, deve-se fixar uma vara com barbantes no tronco da planta

4. Podas periódicas

Devem ser feitas podas anuais, para cortar os galhos tortos e fazer com que a árvore fique mais alta. Também é importante para protegê-la da fiação

LÊDA GONÇALVES
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.