Boletim

Influenza causa 53 mortes em 2018

01:00 · 26.05.2018

O Boletim Epidemiológico por Influenza desta semana foi divulgado nessa sexta-feira, pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), e apontou um aumento de 35,8% das mortes, em comparação à semana passada.

Em 2018, até o último dia 23, foram registrados 96 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda (SRAG), dos quais 55,2% (53 casos) foram por influenza. Destes, 79,2% (42) foram causados pela influenza A (H1N1).

> Ceará é o terceiro Estado, com 82% de imunização

Além disso, 862 casos de SRAG já foram confirmados neste ano, desses, 39,1% (número que corresponde a 337) são por Influenza, dos quais 73,3% são por H1N1.

As maiores incidências de SRAG por Influenza foram identificadas nas macrorregiões de Fortaleza, Sertão Central, Sobral e Cariri. As faixas etárias mais acometidas são as de 60 anos ou mais (23,6%) e crianças de 1 a 4 anos (20,3%). O sexo feminino representou 53,4% dos casos confirmados por influenza.

No boletim, pode-se observar que, nos três últimos anos, a maior ocorrência de casos de SRAG por influenza ocorreu no primeiro semestre. Em 2018, observa-se um acréscimo nos casos notificados e confirmados para influenza a partir de março, contudo, o mês de abril concentrou 68,5% das notificações e 93,3% das ocorrências. Comparando os anos de 2016 e 2018, o aumento de casos confirmados por Influenza foi de 130%.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.