Gravidez precoce reduz no Ceará - Cidade - Diário do Nordeste

ADOLESCÊNCIA

Gravidez precoce reduz no Ceará

08.06.2004

Stênio Saraiva
A gravidez na adolescência está diminuindo no Ceará. De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), em 2002, de cada mil jovens com faixa etária de 10 a 19 anos, 40,2 engravidaram. No ano passado, esse número caiu para 37,3 adolescentes, representando uma redução de 7,2%. O público mais vulnerável à gravidez não planejada são garotas de 10 a 14 anos de idade.

No ano passado, 32.725 partos e abortos foram realizados em pessoas com faixa etária de 10 a 19 anos de idade. Em 2002, nesse mesmo público foram feitos 35.210 procedimentos médicos dessa natureza. Essa redução, conforme Francisca Leonete Borges de Almeida, supervisora do Núcleo de Normatização de Atenção à Saúde do Adolescente da Sesa, foi conseguida através da implantação e expansão do Projeto “Amor à Vida”.

Criado em 1996, atualmente ele já está presente em 103 municípios cearenses. “O projeto desenvolve ações sócio-educativas em sexualidade e saúde reprodutiva”, diz a supervisora. Só no ano passado, 128.271 meninos e meninas foram beneficiados. Este ano, a meta é atender 385.560 pessoas. Ele também deverá ser expandido para mais 30 cidades.

Ao todo 9.889 professores da rede pública estadual foram treinados para tocar o “Amor à Vida” em sala de aula. Os educadores trabalham temas “transversais” em todas as disciplinas do currículo escolar.

Uma dessas temáticas são as questões sexuais, que deixaram de ser abordadas somente nas aulas de Biologia e são discutidas em todas as matérias, a fim de levar mais informação para os adolescentes.

Mas só a ação governamental, através da escola, não basta, de acordo com Leonete Borges. Em sua opinião, engravidar de forma não planejada é reflexo da falta de diálogo entre pais e filhos. “Sexo continua a ser tabu na família”, garante. Ela ressalta que a escola apenas complementa a educação recebida pelo adolescente através da família. Os pais têm papel fundamental nesse processo.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999