Igreja cristo rei

Festa de Corpus Christi deve reunir 5 mil fiéis

O tradicional tapete colorido, que marca a comemoração, terá 35 metros de extensão na Igreja Cristo Rei

O tapete, em suas mais variadas cores, terá 35 metros de extensão. Dividido em 13 partes, cada pastoral ficou responsável pela sua logomarca ( FOTO: KID JÚNIOR )
01:00 · 30.05.2018

A comemoração de Corpus Christi, que acontece amanhã (31), já desponta do chão da Igreja Cristo Rei através do extenso tapete feito de areias coloridas pelos fiéis. A Igreja, uma das mais frequentadas no dia da Celebração, espera reunir, pelo menos, cinco mil fiéis nessa quinta-feira (31). Os preparativos estão a todo fervor na Paróquia localizada no bairro Aldeota.

A Missa terá início às 17h, na Igreja Cristo Rei, e ao fim, todos devem seguir em procissão por cinco ruas próximas à Paróquia, como a Avenida Santos Dumont e Rua Costa Barros. Quando o cortejo encerrar, os fiéis retornam para a Igreja.

De acordo com o pároco da Igreja Cristo Rei, padre Resende, a festa trata-se de uma missa solene, em que o diferencial é a passagem do padre segurando o Santíssimo Sacramento enquanto atravessa o tapete. "Tem um traço histórico na questão do tapete. Antigamente, quando os reis iam visitar o vilarejo, a comunidade enfeitava toda a rua em que a carruagem deles iria passar. Então a história é essa: é como se fosse um tapete estendido para o nosso rei Jesus passar", explica o padre.

Há 15 anos a construção do tapete é uma tradição na Igreja Cristo Rei. Todos os anos, um tema é escolhido pela Paróquia para inspirar a confecção. Neste ano, a proposição foi o laicato (cristãos batizados mas que não seguiram a vocação religiosa), em consonância com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que escolheu 2018 como o "Ano do Laicato".

Os leigos se organizam na paróquia em pastorais (do Dízimo, da Catequese, da Liturgia), e, por isso, os tapetes deste ano terão estampados a logomarca de cada um deles. "O leigo é o protagonista, a razão da Igreja. São eles que levam a Igreja adiante. O padre é o orientador espiritual, o guia, mas são os leigos que levam a Igreja. Dedicar este ano a eles é reconhecer o seu protagonismo dentro da Igreja e da sociedade" afirma o clérigo.

Coloridos

O adorno, em suas mais variadas cores, terá 35 metros de extensão. Dividido em 13 partes, cada pastoral ficou responsável pela confecção do seu tapete com a respectiva logomarca.

Segundo afirmou o padre, cerca de 190 pessoas estão participando da construção da tapeçaria feita de areias coloridas. A confecção foi iniciada na segunda-feira (28), deve terminar hoje e ficará exposta até domingo (3). Este é o 14º ano que Fátima Damasceno, dona de casa de 63 anos participa da construção da tapeçaria. Segundo ela, cada tapete sai, em média, por R$ 400, valor que é dividido e pago pelos componentes da pastoral. "De todos os anos, este é o mais simples e fácil. Ainda assim, é cansativo, até pela idade, mas a gente faz com muito amor. No outro dia, a gente fica bem moída", relata a dona de casa que estava há mais de 6h colorindo o adorno com outras três pessoas.

Para o advogado Hélcio Queiroz, o tema do ano foi acolhido com muita alegria, já que é uma forma de lembrar o papel dos leigos da Igreja. Além disso, Queiroz contou que a confecção do tapete é uma forma de criar intimidade com Deus e com os fiéis. "É um trabalho que dedicamos a Deus e ao lado disso temos a amizade, os dons de cada um, a disponibilidade, a brincadeira, então interagimos mais em um ambiente informal. Isso dá para você uma certa intimidade bem além do que simplesmente a espiritualidade abstrata", revela Hélcio Queiroz.

História

A festa teve origem no século XIII, na Bélgica, quando uma freira teve uma visão de que o mistério da Eucaristia deveria ser celebrado com maior solenidade. Vinte anos depois, o papa oficializou a comemoração em todo o mundo. (Colaborou Ana Cajado)

Saiba mais:

O que vai funcionar  neste feriado

Supermercados - funcionam normalmente, das 7h às 22h.

Shoppings - funcionam normalmente, das 10h às 22h.

Postos de saúde- funcionam apenas dois postos de saúde neste feriado. São eles:

Posto Paulo Marcelo, das 8h às 17h.

Rua 25 Cinco de Março, 607 - Centro.

Telefone: (85) 3105-1455

Posto de Saúde de Messejana, das 8h às 17h

Rua Cel. Guilherme Alencar, s/n - Messejana.

Telefone: (85) 3474-2637

Enel - A Enel Distribuição Ceará montou um esquema diferenciado de atendimento para o feriado de Corpus Christi, entre os dias 31 de maio e 3 de junho, que vai envolver a área técnica e o atendimento ao cliente. A companhia manterá equipes de plantão em pontos estratégicos em todo o Estado, a fim de agilizar o atendimento emergencial. No total, 299 viaturas, 37 motos e 759 pessoas - operadores de sistemas e subestações, eletricistas, técnicos e engenheiros - estarão trabalhando durante o período para garantir o fornecimento de energia em todo o Ceará, de acordo com a empresa.

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Ceará ; pelo site da companhia ou ainda pela Central de Atendimento (0800 285 0196).

Postos de combustível - Os postos funcionarão normalmente, de acordo com o Sindiposto-CE.

Bancos - Os bancos, que já não têm expediente nos fins de semana, não terão funcionamento interno neste dia 31, feriado. Funcionarão apenas os postos de autoatendimento, como caixas eletrônicos, bancos 24 horas, aplicativos e sites. Na sexta-feira, segundo o Sindicato dos Bancários, os bancos funcionarão normalmente, das 10h às 16h.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.