fortaleza

Feiras agroecológicas trazem consumo sustentável à cidade

A ideia é levar alimentos saudáveis, valorizar a agricultura familiar e promover o fim do uso de plástico

Há cerca de dois anos, a Praça das Flores tem uma movimentação intensa aos sábados, de 8h às 11h, devido à Feira Agroecológica Muda Meu Mundo, promovida pelas irmãs Déborah e Priscilla Veras, fundadoras do negócio ( FOTO: CID BARBOSA )
01:00 · 27.08.2018

Ecobags lotadas de frutas fresquinhas, ovos caipiras, folhas verdinhas e cheirosas, além dos pães mais variados. Nas feirinhas agroecológicas de Fortaleza, não há espaço para sacolas e canudos de plástico, tampouco para produtos com agrotóxicos e transgênicos. A proposta de consumo sustentável, que visa uma vida saudável e um menor impacto no meio ambiente, já se encontra em alguns bairros da Capital cearense.

Há cerca de dois anos, a Praça das Flores tem uma movimentação intensa aos sábados, de 8h às 11h, devido à Feira Agroecológica Muda Meu Mundo, promovida pelas irmãs Déborah e Priscilla Veras, fundadoras do negócio. Atualmente, as duas trabalham com a capacitação de 80 agricultores familiares, auxiliando na plantação dos alimentos desde a semente.

A ideia veio da vontade de comer melhor e tornar esses alimentos acessíveis ao público. De acordo com Déborah, os agricultores não conseguem ver o seu negócio como algo produtivo e vendem seu produto de forma desvalorizada. A Muda Meu Mundo veio para, de fato, alterar isso. "Trabalhamos com pequenos agricultores familiares no intuito de que eles desenvolvam melhores alimentos, livres de agrotóxicos e de exploração de qualquer tipo (animal ou humana). Tratamos também isso sem comércio abusivo. Sessenta por cento do que vendemos na feira, destinamos ao agricultor".

Para ela, a mudança de vida do agricultor é o principal benefício. A renda aumenta, em média, 60%. Por feirinha, são vendidos cerca de 300kg de frutas e verduras. Vitor Esteves, jovem agricultor familiar de São Gonçalo do Amarante, acompanhado pelo Muda Meu Mundo, conta que pôde aprender a precificar seus produtos, e que a feira o ajudou a ter uma renda semanal fixa. Além disso, o projeto tem uma parceria com os estudantes de agronomia da Universidade Federal do Ceará, que avaliam a saúde do solo dos agricultores.

"Eu não tinha uma renda semanal porque não sabia para onde destinar o meu produto de maneira que ele fosse valorizado. Eu planto de forma orgânica. Tenho muito trabalho com a produção e quando ia vender para o mercado, vendia como se fosse um produto com agrotóxico".

Na feirinha agroecológica, é possível encontrar, além de frutas e verduras livres de agrotóxicos, salgados e doces veganos. Dez a 15 expositores participam todos os sábados. Ana Paula Kitaka, hoje empreendedora faz sucesso com as coxinhas à base de macaxeira com recheio de carne de caju. "Há quatro anos enveredei por esse lado em função da demanda de pessoas que pediam alimentos sem glúten e sem leite".

Família

Paulistana, as receitas são de família e apresentam um sabor próprio. "As pessoas acham que quem é vegetariano, ou quem busca por uma vida saudável só tem que comer 'mato', e não é verdade". Frequentadora assídua da feirinha, a designer de interiores Graça Brasil conta que vai ao local procurando qualidade de vida. "Quando fiz um checkup, após o consumo desses produtos, vi que estava bem melhor, além de estar mais disposta e saudável. As pessoas devem conscientizar-se para ter uma vida mais longa", aconselha.

Outra feira, que acontece há cerca de oito anos, é a Feira Agroecológica do Benfica, que acontece aos sábados, de 7h às 12h, quinzenalmente. Com a venda de produtos naturais, sem agrotóxicos, a proposta é de alimentação saudável, mas durante a feirinha sempre são oferecidas palestras, oficinas ou rodas de conversa acerca dos assuntos de sustentabilidade.

Saiba mais

Feiras Agroecológicas em Fortaleza

Feira Muda meu Mundo

Todos os sábados, de 8h às 11h, na Praça das Flores, bairro Dionísio Torres.

Todos os domingos, de 8h às 11h, no Mercadinho São Luiz da Avenida Oliveira Paiva, no bairro Cidade dos Funcionários.

Feira Agroecológica do Benfica

Ocorre aos sábados, quinzenalmente, de 7h às 12h, na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica.

Feira Orgânica

Feira de produtos orgânicos que acontece às terças-feiras, de 5h às 13h, no Mercado dos Pinhões, no bairro Centro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.