Exames de densitometria óssea serão feitos por raios-x - Cidade - Diário do Nordeste

PIONEIRISMO NO HGF

Exames de densitometria óssea serão feitos por raios-x

10.08.2011

Saúde e cidadania: segunda unidade pública do País a ter o aparelho densitômetro, o Hospital Geral de Fortaleza poderá realizar aproximadamente dois mil exames por mês
Saúde e cidadania: segunda unidade pública do País a ter o aparelho densitômetro, o Hospital Geral de Fortaleza poderá realizar aproximadamente dois mil exames por mês
MIGUEL PORTELA
Exame para detectar a osteoporose em pacientes vai poder ser feito na unidade a partir do próximo mês

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF) continua se equipando para melhor prestar serviços especializados. Após passar por reformas e ganhar melhorias, o hospital vai também, a partir de setembro, poder fazer exames de densitometria óssea por raios-X, para avaliar a qualidade óssea dos pacientes que buscam o setor de reumatologia.

Com a aquisição do aparelho densitômetro que já está sendo instalado, - por sinal, este é o segundo existente em hospital público no País, o outro funciona no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (USP) -, o HGF poderá atender, com a realização de exames, a uma demanda de quase dois mil pacientes.

Coordenação

O densitômetro DPX-NT será utilizado unicamente em pacientes ambulatoriais do HGF. O serviço será coordenado pelo médico especialista em Densitometria Clínica pela Sociedade Brasileira de Radiologia e Sociedade Brasileira de Desintometria, o reumatologista Eyorand Andrade. De acordo com o médico, o novo aparelho vai propiciar a avaliação da qualidade óssea do paciente. "Após exame vamos poder afirmar se o paciente tem uma qualidade óssea normal, está com osteopenia ou mesmo com osteoporose. Só após a análise fazemos avaliação das alterações ósseas com a finalidade de instruir tratamento para prevenir fraturas", disse. "O serviço de reumatologia do HGF tem, hoje, em torno de 2 mil casos de pacientes em tratamento para qualquer tipo de doença osteometabólica. A nossa meta é realizar cerca de 200 exames mensais, podendo aumentar esse número de acordo com a demanda", acrescentou.

Ele afirmou ainda que os pacientes que irão se submeter a exames no densitômetro precisam atender certas condições, como estarem entregues ao ambulatório, terem prontuário, possuirem requisição do exame e outros requisitos exigidos pelo Ministério da Saúde junto à Secretaria da Saúde do Estado.

Pesquisa

De acordo com o médico coordenador, o aparelho também auxiliará as pesquisas produzidas pelo hospital. "O HGF é um hospital escola, de vida acadêmica, de estudo, ensino e pesquisa. Com isso o aparelho nos dará condições de aprimorarmos as nossas pesquisas no campo das doenças osteometabólicas", afirmou Andrade.

O serviço de reumatologia do hospital já faz pesquisa de grande porte no Brasil, na área das doenças reumáticas. Com a instalação do equipamento, serão efetuados estudos para adequar melhor o sistema de tratamento terapêutico dos pacientes.

Vantagens

Entre as funções do equipamento citadas por Eyorand Andrade estão a facilidade de efetuar o exame do corpo inteiro do paciente, ou por partes, como, a coluna lombar, fêmur esquerdo e fêmur direito e ante braço. Até na detecção de doenças ósseas em crianças ele permite executar. Sem falar em sua utilização para avaliar o porcentual de gordura no indivíduo.

O sistema de desintometria óssea por raios-x, com alta tecnologia é projetado para fazer medidas, oferecer a indicação do risco de fratura relativo à osteoporose, diagnosticando e monitorando as alterações ósseas. O aparelho também oferece vantagens na análise de resultados, processa exames mais rápidos com menos exposição do paciente.

Marcação

Os exames serão marcados no Centro de Imagem, no serviço de Desintometria Óssea. Para a marcação, o paciente deve apresentar a solicitação de um médico do HGF.

O setor de reumatologia do hospital passou a contar também com um inovador equipamento de ultrassonografia que possui a capacidade de efetuar diagnósticos precoces de doenças articulares, como artrite. O equipamento vem sendo utilizado no ambulatório, auxiliando na realização de infiltrações, feitas agora de forma guiada.

ADALMIR PONTE
REPÓRTER

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999