em 90 dias

Estado e Prefeitura vão requalificar 57 praças

As obras devem ser finalizadas até o fim de agosto próximo. O investimento é de mais de 10 milhões de reais

A Praça do Tamandaré, no bairro Jangurussu, foi a primeira a ter a ordem se serviço assinada pelos secretários ( Foto: Natinho Rodrigues )
01:00 · 12.05.2018

Através do Programa Juntos por Fortaleza, uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal, 57 praças da Capital, espalhadas pelas sete regionais, serão requalificadas ainda este ano. Segundo o coordenador das regionais, Renato Lima, as obras devem ser finalizadas em 90 dias e entregues no fim de agosto. O investimento é de mais de 10 milhões de reais.

A Praça do Tamandaré, no bairro Jangurussu, foi a primeira a ter a ordem se serviço assinada pelos secretários. O coordenador das regionais declarou que a reforma da praça faz parte de um "pacote de intervenções" e que, nessa ação, demandas antigas, "compromissos antigos com a cidade que serão cumpridos a partir de agora". A Praça do Tamandaré, por exemplo, é um dos equipamentos que aguardava requalificação desde 2013.

Darlene Braga, atual secretária da Regional VI, reforçou que a requalificação dos espaços públicos vêm sendo uma prioridade da gestão municipal e que as praças são importantes equipamentos na vivência da comunidade. "Dentro da gestão do prefeito Roberto Cláudio tem havido essa a visão de humanização, de fazer com que as pessoas interajam. Com uma praça revitalizada, a gente tem pessoas como as que estão aqui hoje, por exemplo, as artesãs expondo seus produtos, crianças no lazer", comenta. A moradora Ionete Sales, de 57 anos, acredita que a ação é uma necessidade que há muito a comunidade pede. "Essa e outras precisam ser revitalizadas para que as mães possam trzer seus filhos para brincar. Porque o que você vê aí, é uma praça abandonada, brinquedos quebrados... Só em olhar você vê que não tem estrutura", conta a vendedora autônoma.

Segundo a secretária, todas as praças serão tocadas concomitantemente. "Os contratos já estão todos assinados. Já foram todos publicados e a intenção da Prefeitura é que essas praças estejam todas revitalizadas em até 90 dias. Na regional 6, o investimento vai ser de 1 milhão e 600 mil reais", informou.

Fragilidade

De acordo com o coordenador de infraestrutura da SER VI, Felipe Braga, as regiões das praças escolhidas são "de fragilidade social, que não têm equipamentos qualificados para a população utilizar. Esses espaços são escolhidos para a população poder usar como espaço de convivência, de lazer, esporte, atividade física. E as praças foram escolhidas justamente nessas regiões que estavam com essa deficiência. Serão instalados parquinho infantil, academia, quadras reformadas", acrescentou.

Na Regional VI, a Praça do Ponto de Lazer da Sapiranga, a Praça do Tamandaré, as praças dos conjuntos Alto Alegre, Palmeiras, Bandeirantes, Praça do Dias Macêdo, Jardim Violeta, Jardim Sumaré e a Praça do Luciano Cavalcante serão contempladas pela reforma. Com investimento do Estado, mais duas praças no Curió receberão as obras. A lista das demais regionais será lançada em evento na próxima semana. (Colaborou Marina Gomes)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.