Inscrições abertas

Escola Social de Gastronomia é inaugurada

O equipamento abrange bairros e comunidades além do Vicente Pinzón, e as aulas serão voltadas ao público jovem

01:00 · 30.06.2018
Image-0-Artigo-2420678-1
A Escola já está com inscrições abertas para as 5 mil vagas ofertadas. ( FOTO: THIAGO GADELHA )

Em tempos de desemprego e até incertezas de permanência no mercado de trabalho, surge uma nova boa perspectiva: a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco traz a proposta de oferecer cursos gratuitos de capacitação e formação em panificação e confeitaria.

Inaugurada nesta sexta-feira (29), a Escola já está com inscrições abertas para as 5 mil vagas ofertadas. O equipamento foi doado pelo Grupo M. Dias Branco ao Governo do Ceará, que fará a gestão por meio da Secretaria da Cultura do Estado e do Instituto Dragão do Mar.

"É um projeto que vinha sendo desenvolvido de forma a estabelecer, de maneira muito clara, um compromisso social, que é a qualificação profissional", revela o secretário da Cultura do Ceará (Secult), Fabiano Piúba.

O prédio da Escola está situado no bairro Vicente Pinzón, mas seus serviços abrangem, também, os bairros Mucuripe, Serviluz, Praia do Futuro, Papicu, Dunas e o entorno da Regional II, bem como a comunidade Castelo Encantado e o Conjunto Santa Terezinha.

Serão ofertados cursos nas áreas de panificação, confeitaria e auxiliar de cozinha, através dos quais os alunos inscritos poderão ter acesso à oportunidades de empregos em restaurantes, supermercados, bares, hotéis e estabelecimentos do tipo.

De acordo com o secretário da Cultura, por ser uma escola Estadual, a atenção será voltada para a juventude, integrando uma política intersetorial de Cultura e Educação. "A instalação dessa Escola implica em pensar a requalificação do espaço urbano e do convívio social do grande Vicente Pinzón e do Mucuripe", detalha. As aulas terão início em setembro, mas os pré-requisitos e os documentos necessários para a inscrição ainda não foram divulgados pela Secult.

Fabiano Piúba afirma que, apesar do foco voltado ao público jovem, não haverá restrição de idade. "Sabemos que existe um número muito expressivo de jovens que estão fora da escola. Eles são sujeitos de sua própria história e poderão ter na Escola de Gastronomia Social um ambiente para sua qualificação e formação profissional", revela.

Para o secretário, a importância do equipamento se dá na perspectiva do desenvolvimento de políticas públicas de cultura, de juventude e educação em bairros que apresentam índice de vulnerabilidade social. "A aposta é de que o investimento nessas áreas promova a inclusão social uma melhoria da qualidade de vida", diz.

Interface

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco está inserida no Programa Escolas da Cultura, cuja premissa é composta pela interface entre arte, cultura, educação e inovação para formação profissional e desenvolvimento de experiências estéticas e de capacidades para a vida em sociedade. Todos os aspectos são trabalhados em uma perspectiva de formação dialógica, criativa, construtiva, autônoma, colaborativa e como processos de mão dupla entre as instituições formativas e seus públicos.

O presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, ressalta que a Escola de Gastronomia Social foi um projeto que surgiu juntamente com o da Escola de Hotelaria e Gastronomia da Estação das Artes, com inauguração prevista para o segundo semestre deste ano, e, juntas, vão possibilitar mais de 15 mil matrículas por ano. "As escolas vão dar visibilidade à gastronomia cearense em todo país, e ainda oferecer formação a uma nova geração que, por força da tradição, vem conquistando cozinhas em todo o mundo e agora vão ter a oportunidade de se tornarem chefs de alta qualidade", afirma Paulo Linhares.

A inauguração teve início às 17h, com apresentações de artistas do bairro Vicente Pinzón, como o grupo de flautas Acordarte e o grupo de hip hop Castelo de Rima. Aconteceu ainda o show do rapper consagrado que nasceu na comunidade do Serviluz, Erivan Produtos do Morro. A solenidade começou às 19h e foi presidida pelo governador Camilo Santana. Em seguida, às 21h, a cantora carioca Mart'nália subiu ao palco, e a banda Painel de Controle encerrou a noite. O evento aconteceu em um palco ao lado da Escola. (Colaborou Barbara Câmara)

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.