9 a 12 de maio

DFB Festival olha a 360º e oferece diversos sentidos

Maior encontro de moda autoral do Nordeste promete lotar espaços do Terminal Marítimo de Passageiros

DFB Festival contará com três palcos, oito shows nacionais e internacionais, quatro sets de DJs convidados, 38 desfiles de moda, 56 expositores criativos e gerará, em todo o processo produtivo, cerca de 1600 postos de trabalho ( FOTO: THIAGO GADELHA )
01:00 · 04.05.2018

Propor a experimentação de todos os sentidos, olhares para todas as direções e, quem sabe, a atração de todas as camadas. A ideia pode soar desafiadora, mas, é a partir desse questionamento que o DFB Festival deste ano resolveu olhar ao seu entorno, em 360º.

Por isso, o evento trará atrações de diversas vertentes culturais: moda, música, dança e gastronomia irão se unir à formação e ao empreendedorismo a fim de proporcionar aos participantes experiências sensoriais diversas.

Pela audição, quem for ao Terminal Marítimo de Passageiros entre os dias 9 e 12 de maio poderá ouvir os batuques das cantoras Iza e Karol Conka, do grupo As Bahias e a Cozinha Mineira, além do DJ internacional CIC, permeados de atrações regionais, todas gratuitas.

Pela visão, serão 38 desfiles de moda para acompanhar, divididos em duas salas. Estilistas como Lindebergue Fernandes, Iury Costa e Ivanildo Nunes mostrarão suas obras.

De acordo com o idealizador do evento, Cláudio Silveira, a ideia deste ano é o DFB se transformar, de fato, em um festival. "A gente enxerga que nossa cidade tem muita mais a mostrar do que moda autoral, e às vezes as pessoas nem respeitam tanto. Nossa terra tem uma diversidade grande e eu respeito muito isso", considerou, ao lembrar que o evento cearense completa 19 anos em 2018.

O festival pretende promover ainda o intercâmbio de ideias a partir da economia. "Nós temos a oportunidade dos empreendedores criativos da moda, temos 56 expositores, artesãos designers que estarão mostrando seus trabalhos no DFB", pontuou Cláudio Silveira.

Além disso, o Sistema Verdes Mares manterá o "Studio SVM", espaço localizado ao lado da entrada das salas de desfile, com foco na espera do evento, que contará diariamente com um pocket show da cantora Nayra Costa e links na programação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.