Criança de 7 meses morre após queda - Cidade - Diário do Nordeste

TRAGÉDIA

Criança de 7 meses morre após queda

26.08.2010

Crato. Foi sepultado nessa terça, 24, no cemitério do Crato, região do Cariri, o bebê Douglas Henrique Barros do Nascimento, que veio a óbito após cair de uma cama, no Hospital São Francisco. A criança estava internada há dez dias, com suspeita de calazar.

Na madrugada da última segunda-feira, a criança dormia na cama com a mãe, Expedita de Barros, quando, de madrugada, aconteceu a queda. "Quando escutei, já foi a pancada. Levantei-me rapidamente e o vi no chão. Na hora, subiu logo um nó na cabeça e ele começou a chorar sem parar", relatou a mãe, inconsolada com o ocorrido. A cama na qual a criança dormia estava sem a proteção lateral. O pequeno Douglas chegou, inclusive, a ser levado ao hospital de Barbalha, mas não resistiu. A morte ocorreu por volta das 23 horas dessa segunda-feira, 23 de agosto.

Foi constatado traumatismo craniano devido à violência do impacto da queda. O Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente do município de Crato está acompanhando o caso e já solicitou um laudo ao Hospital São Francisco. A criança estava prestes a receber alta, pois se recuperava bem do calazar.

Inconformados, familiares denunciam que a criança morreu em decorrência da queda. Segundo eles, o leito onde a criança estava era inadequado para um bebê de sete meses. "Isolaram o menino com a mãe num quarto, numa cama que mal servia para ela, quanto mais para eles dois. Acho isso muito errado. O hospital foi muito irresponsável", afirmou a tia da criança, Maria Ilza Barros.

A conselheira tutelar Veneranda Gomes disse que, "antes de pensar no conforto da mãe, o hospital deveria ter pensando na segurança da criança", reclamou. O caso repercutiu no Cariri, mas ninguém da direção do hospital quis se pronunciar sobre o assunto.

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999