Seminários

Conhecimentos compartilhados

Dois painéis foram realizadas à tarde. O primeiro, "Governança Pública Municipal" e o segundo "Transparência Pública" ( Foto: Kid Júnior )
01:00 · 05.06.2018

Sebastião Veras e José Torres acompanhavam as palestras da tarde em lugares opostos no auditório do Centro de Eventos. O primeiro, prefeito de Chaval; o segundo, controlador-geral de Quixadá. Os dois vivenciam realidades também distintas nos municípios e levaram informações e dúvidas para compartilhar no Seminário Prefeitos Ceará 2018: Governança e Transparência. O evento segue até hoje (5), com apresentações e palestras sobre a mesma temática.

"Muitas coisas que foram explanadas eu não tinha conhecimento. É importante participar desses eventos para que a gente leve o que colhemos aqui para botar em prática no município", disse o prefeito Sebastião. O controlador-geral José Torres ressaltou a importância da gestão dos investimentos. "Esse tema é muito importante hoje para conseguirmos, com os recursos que temos, alcançar toda a demanda da sociedade", comentou.

> Transparência é tema de Seminário de Prefeitos 

Os conhecimentos que os gestores levarão para reprodução nas suas cidades foram repassados em dois painéis, à tarde. Nas palestras sobre "Governança Pública Municipal", discursaram o secretário de Educação de Sobral, Francisco Herbert Vasconcelos, o presidente da Agência do Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves, o diretor de Relações Institucionais da Aprece, Expedito Nascimento, e o procurador-geral de Horizonte, Renato Monteiro.

O último destacou a importância de uma mudança de cultura na administração pública brasileira. "O mundo mudou. Isso não é exigência do Ceará, do Brasil. O País está numa crise institucional e política que estamos vivendo. Entretanto, a exigência de ética nas condutas já vem de muitos anos, vem de fora. Hoje, se torna obrigatório aos agentes se pautarem por atos e ações que respeitem a coisa pública", afirmou Monteiro.

A transparência é um dos parâmetros para uma boa administração e, fundamentalmente, para a atração de investimento. É o que garante o presidente da Adece, Eduardo Neves. "Ninguém vai investir no teu Estado ou no teu Município se não acreditar nele, se não acreditar que estão trabalhando sério, que vai poder crescer, progredir. Se o investidor não acreditar nisso, ele não vai investir", reforçou, destacando investimentos e incentivos proporcionados pelo Governo. "Toda essa ambiência, que vai da infraestrutura, educação e contas públicas, faz parte para que você possa atrair investidor", destaca.

Às 16h, teve início o painel "Transparência Pública", quando falaram o representante do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Rodney José Idankas, a representante do TCE do Ceará, Priscila Lima, o titular da Secretaria de Finanças de Fortaleza, Jurandir Gurgel, e a presidente da Junta Comercial do Ceará, Carolina Monteiro.

A par dos assuntos debatidos no primeiro dia de Seminário, o prefeito de Chaval, Sebastião Veras, já sabe o que fazer com o conhecimento adquirido. "Vou fazer uma reunião com todos eles para mostrar que temos que nos unir e abraçar essa causa, que é ter controle com os gastos públicos", comentou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.