Coluna

Comunicado: Transparência em pauta

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 02.07.2018

Há uma boa notícia para as contas públicas - ou, mais precisamente, para a transparência das contas públicas. É um acordo de cooperação firmado entre o Senado e o Tribunal de Contas do Estado do Ceará, por meio do qual deve ser viabilizado o intercâmbio de informações e experiências entre as instituições. O convênio estabelece ações e projetos de formação e aperfeiçoamento dos recursos humanos das duas casas. Importante ressaltar: a medida pode ser reproduzida com outras instituições de controle de contas.

Atuarão diretamente no processo o Instituto Legislativo Brasileiro - escola de governo do Senado que cuida do programa Interlegis - e o Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo, órgão de formação do Tribunal de Contas do Ceará (foto).

1.080

Moradias

São o total previsto para o Residencial Dona Yolanda Vidal Queiroz, no Bairro Edson Queiroz (SER VI), em Fortaleza. Dessas, 528 já foram entregues pela Prefeitura e pelo Governo do Estado.

4.289

Famílias

Serão atendidas pelo novo conjunto. A maioria é originária da área de risco do mangue do Rio Cocó e da Comunidade do Dendê. Dos apartamentos entregues, 16 são adaptados para pessoas com deficiência.

O processo de concessão do parque tem causado grande dilema entre os moradores da vila de Jericoacoara e pode comprometer quem visita uma das mais belas praias do Ceará"

Deputado Sérgio Aguiar (PDT), sobre o Parque Nacional de Jericoacoara

Caiu na rede...

Os deputados federais estão na mira de uma categoria mobilizada. São os pescadores artesanais. Os trabalhadores temem ser fisgada por um dos muitos cortes orçamentários de Michel Temer. O governo quer limitar o pagamento do seguro-defeso aos que desenvolvem a atividade sistematicamente.

...É deputado

Se a portaria de Temer vingar, pelo menos 30 mil pescadores artesanais do Ceará podem virar isca. Isso, num cenário de incertezas, pode ser catastrófico social e economicamente. Há um projeto no Congresso que suspende a portaria-arrastão do Planalto e evita que a categoria se afogue nas ondas da crise.

Haja coração

Não foi exatamente um anjo de solidariedade que baixou no Ministério Público Eleitoral e mandou a Prefeitura de Brejo Santo guardar, em vez de distribuir, alimentos a serem arrecadados em evento que será realizado em agosto. Diz o MP que a lei eleitoral não deixa. Sem ser objetiva sobre o que fazer com o que superar prazos de validade, a ordem só diz que a população deverá ser alertada para a data de vencimento de cada produto.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.