Coluna

Comunicado: tecnologia e democracia

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 07.04.2018
O monte de lixo que se vê acima está na esquina das ruas Barbosa de Freitas e Lívio Barreto, vizinho a prédios públicos como os da Assembleia e seus anexos, de uma agência do Banco do Brasil e de secretarias municipais de Fortaleza. E pertinho de residências e pontos comerciais, diante de um polo de reciclagem. Só não vê quem não quer.

O eleitorado de 129 dos 184 municípios do Estado já vai utilizar a identificação biométrica nas eleições de outubro próximo. A informação é do Tribunal Regional Eleitoral. Isso representa mais de 70 por cento dos municípios do Estado. É um salto tecnológico bem representativo, somando rapidez, agilidade, precisão, comodidade e - apesar de alucinadas teorias da conspiração que pipocam nas redes sociais em forma de fake news - segurança. O TRE do Ceará tem a expectativa de cadastrar no sistema biométrico 75% dos eleitores até 9 de maio. Em números absolutos, o índice compreende mais de 4,11 milhões de cidadãos.

7,2 mil

Empresas regionais são registradas no País no Serviço de Comunicação Multimídia, sendo que 4,4 mil estão ativas. Os dados são da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações.

50 empresas

Participam quarta e quinta-feira próximas, em Fortaleza, de congressos de provedores de Internet e de centros de dados. As agendas serão realizadas no Hotel Praia Centro, na Praia de Iracema.

"A regulamentação é resultado da manifestação do cidadão nas redes sociais, dos motoristas que fizeram sua manifestação"

Vereador Noélio Oliveira (PR)
Colocando os pingos nos is e evitando que grupos se apropriem das conquistas alheias. Noélio atribui a trabalhadores de táxis e aplicativos a mobilização pela regulamentação dos serviços em Fortaleza.

Acertou

Os senadores cearenses José Pimentel (PT) e Eunício Oliveira (MDB) terminam a semana com a avaliação de que o Congresso Nacional deu uma dentro ao derrubar o veto de Michel Temer ao refinanciamento de débitos tributários das micro e pequenas empresas. A deliberação parlamentar é considerada uma conquista.

Dois ângulos

O Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte havia sido aprovado pela Câmara, mediante texto parlamentar, no fim de 2017. A rigor, reproduzia medidas de outras gestões. Mas Temer o rejeitou. O que se anunciou como justiça fiscal foi visto pelo Planalto como prejuízo.

Viver é melhor que sonhar

Abril, se os deputados estaduais assim quiserem, pode ser um mês de reflexões positivas. É que marca-se no próximo dia 30 um ano da morte do compositor Antonio Carlos Belchior (1946-2017), uma das melhores referências artísticas do País. E tramita na Assembleia projeto de Rachel Marques (PT) que declara a obra ao autor sobralense como patrimônio cultural e imaterial do Estado.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.