Coluna

Comunicado: o aterro no seu bolso

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 22.05.2018

A Prefeitura de Fortaleza vai desembolsar cerca de R$ 67,4 milhões no aterro para conter a erosão na região da Avenida Beira Mar. A medida pode ser contabilizada como consequência dos prejuízos causados pelas ressacas que vez por outra cobrem o asfalto de areia - que já são um óbvio e caro efeito do deslocamento de material -, mas tem lá seu valor para o turismo. "Previamente à implantação do projeto de reordenamento urbano, faz-se necessário proceder à recuperação e (à) proteção costeira da faixa de praia entre a Rua João Cordeiro e a Av. Desembargador Moreira", diz o edital de licitação. A UFC participou das definições do projeto, segundo a Prefeitura.

Image-1-Artigo-2401109-1
Há um dado interessante, que pode oferecer ao leitor uma noção de como é movediça a burocracia oficial. O projeto na Beira Mar data de antes de 2013 - ano em que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) assumiu o primeiro mandato. Na época, dizia-se que as obras ficariam prontas "depois da Copa de 2014". Veja em https://goo.Gl/Ky7TF6.

486 vagas

Estão sendo oferecidas em cursos pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico do Ceará. Há opções como mecânica de motos, empreendedorismo, design de moda e informática básica. Informações em goo.Gl/p7uZjK.

13 municípios

Estão na lista de maio do Centec: Amontada, Beberibe, Ipu, Brejo Santo, Granja, Maracanaú, Tauá, Maranguape, Missão Velha, São Benedito, Quixeré, Santa Quitéria e Viçosa do Ceará. Veja mais em www.centec.org.br/.

"Mesmo numa quadra recessiva como a atual, tivemos força para dar exemplo de superação"

Deputado Dedé Teixeira (PT)
Sobre estratégias de gestão do Estado que, segundo ele, têm indicado a recuperação econômica do Ceará.

Proteção

É da deputada Fernanda Pessoa (PSDB) projeto que torna obrigatória "a instalação de equipamentos de proteção contra a queda de pessoas, veículos, cargas ou objetos" nas margens de cursos de água no Ceará, naturais ou não. O texto passou na comissão de Orçamento, Finanças e Tributação da Assembleia.

Custo

A preocupação de Fernanda Pessoa tem dois sentidos, ao menos: primeiro, os acidentes - que já são, por si, merecedores de prevenção; depois, as ações de pessoas contra a própria vida. Ela lembra que "o custo das telas de proteção se mostra irrisório se comparado à importância de uma vida humana". E é.

Chuvas e trovoadas

O vereador Noélio Oliveira (Pros) tem uma justíssima convicção política: "Temos que valorizar o profissional de segurança. Não dá pra aceitar o discurso só pra jogar em rede social que está preocupado, quando é mentira". Noélio, que é soldado da Polícia Militar, não diz se acha que foi a chuva - e não o esforço da corporação - que provocou em abril a redução de homicídios no Estado.

 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.