coluna

Comunicado: modernidade sem fio

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 10.08.2018

A Prefeitura de Fortaleza está em busca de empresa para implantar, operacionalizar e manter pontos gratuitos de acesso à Internet. O programa se chama "Wi-For", um trocadilho com a expressão "wi-fi" e o nome da cidade. Diz lá: "a população a ser atendida deverá ser a de baixa renda, mas podendo atender outras camadas da sociedade fortalezense". O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a densidade populacional das regiões de Fortaleza foram critérios básicos para a definição dos pontos de instalação do sistema. Há oito locais na SER I, 17 na SER II, 10 na SER III, seis na SER IV, nove na SER V e 10 na SER VI. O Centro está coberto pela Regional II.

Image-1-Artigo-2438078-1

Um estacionamento para motos foi criado na Avenida Beira Mar, em Fortaleza. Está ao lado de uma barraca entre as ruas Joaquim Nabuco e Oswaldo Cruz. A AMC até que passa por lá, mas não vê ou finge que não vê.

133  vagas

Estão sendo disponibilizadas em concurso da Prefeitura de Fortaleza para contratação de médicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais e enfermeiros. O novo pessoal será locado na rede de saúde mental do Município.

10 milhões de reais

Por ano é o custo estimado para os gastos públicos com a incorporação dos profissionais ao sistema de saúde mental, que reúne 23 equipamentos do município, sendo 15 Caps, cinco unidades de acolhimento e três residências terapêuticas.

"Como legislador, cidadão e aplicador da lei, seja por qualquer justificativa, defendo que, se infrações estão ocorrendo e se são detectadas pelos agentes de trânsito, as multas deverão ser aplicadas"

Vereador Ésio Feitosa (PPL), para quem a AMC não deve cochilar na tarefa de punir motoristas

Há diferenças

Após ter desembarcado na Câmara Municipal de Fortaleza carregando na bagagem apenas 3.668 votos, o suplente de vereador Edmar Freitas (PRP), ocupando a vaga de Emanuel Acrizio, encasquetou com a ideia de que desempenho parlamentar não precisa ser como o das urnas.

Um de tudo

Edmar apresentou de uma só vez 10 projetos de indicação - ficção parlamentar que só vira realidade se o Poder Executivo quiser. Fez tipo uma miscelânea: há textos que tratam da construção de quadra esportiva, posto de saúde, creche, polo comercial e, uhuuu!, uma pista de skate.

Um alô de posicionamento

Sobre nota publicada ontem, a Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) dá um alô: "Os smartphones adquiridos (...) têm o propósito de substituírem as antigas e obsoletas filmadoras que já não atendem à demanda dos trabalhos de comunicação (...)". A Arce diz que agora vai transmitir audiências públicas e reuniões pela Internet e que os celulares custaram R$ 9 mil, não R$ 16 mil, como o publicado.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.