coluna

Comunicado: Investimentos em alta

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 20.12.2017

O Governo do Estado prevê para o próximo ano investimentos de R$ 3,9 bilhões - essa foi a cifra aprovada pela Assembleia Legislativa no Orçamento para 2018. Uma fatia larga dessa dinheirama vai bancar uma obra fundamental para estes tempos de seca, o Cinturão das Águas (foto) - projeto lançado na gestão de Cid Gomes (PDT, 2007-2015) e que atravessou sem ser concluído a gestão de Camilo Santana (PT), iniciada em 2014. Um projeto que pode salvar vidas e até mesmo a economia local ficou à míngua por conta das mudanças impostas ao cenário nacional em 2016.

Segundo o deputado Evandro Leitão (PDT), líder do Governo na Assembleia, também sairão da cota de investimentos para 2018 recursos para o Porto do Pecém, Metrofor, VLT Parangaba-Mucuripe. A lista de relevâncias inclui a construção do Hospital do Vale do Jaguaribe, de escolas profissionalizantes e rodovias estaduais.

Image-1-Artigo-2337844-1

21

De janeiro

É a data de aplicação da prova do concurso de seleção aos cursos de português, inglês, espanhol, italiano, francês e alemão do Imparh. Cinquenta por cento das 1.190 vagas são reservadas para alunos da rede pública.

19

De dezembro

É a data final para apresentação, pelos alunos de escolas públicas, de declaração da instituição sobre estarem regularmente matriculados. O atendimento é na sede do Imparh (Av. João Pessoa, 5609 - Damas).

"Temos uma rede pública de 716 escolas em expansão. São 189 escolas de ensino de tempo integral. Dessas, 117 são de ensino profissionalizante e vamos aumentar esse número"

Deputado Evandro Leitão

Dr. Jekill

O deputado Agenor Neto (PMDB), que nuns dias dorme aliado do Governo e noutros acorda como opositor, terminou o ano apresentando projeto que, se implantado, poderia deixar a gestão estadual de saia justa. Ele quer que os hospitais públicos divulguem na Internet os índices de infecção hospitalar.

Mr. Hyde

Agenor copiou trechos de uma lei federal de 1997 - ainda da administração de Fernando Henrique Cardoso, portanto - que obriga os hospitais do País a manter o Programa de Controle de Infecções Hospitalares. Ou seja, está querendo legislar aqui sobre algo que já existe, e em nível muito mais abrangente.

Segurança na papelada

Agora, o registro de firmas no Estado para fins de reconhecimento por meio de cartão autógrafo - atribuição dos cartórios -, deverá conter os nomes do tabelionato, do titular e do substituto e o endereço completo do local da prestação do serviço. A determinação é da Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará. Ou seja, 2017 termina com mais segurança na burocracia.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.