coluna

Comunicado: estratégias em discussão

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 27.06.2018

A região composta pela Capital e cidades vizinhas, como Caucaia e Maracanaú - a chamada "Grande Fortaleza" - fecha amanhã o ciclo de consultas da Plataforma Ceará 2050. Trata-se de rodada de discussões sobre propostas de desenvolvimento para o Estado nos próximos 30 anos. A Plataforma Estratégica de Desenvolvimento de Longo Prazo - Ceará 2050 visa a debater soluções para o desenvolvimento econômico, sustentável e social do Estado.

Convergência

A ação utiliza dados sociais, econômicos, ambientais, territoriais e de governança das últimas três décadas no Estado para projetar as próximas três. E conduz um importante elemento: a convergência de conhecimentos, projetos e demandas num sentido único, utilizáveis como ferramentas de crescimento.

No paralelo

As discussões levantadas pelo Governo do Estado correm paralelas às que a Prefeitura de Fortaleza tem feito tendo como referência o ano de 2040. São medidas propostas para execução em curto, médio e longo prazos, tratando de planos urbanístico, de mobilidade e de desenvolvimento econômico e social.

"Famílias que viviam com renda até R$ 85 por pessoa saíram da extrema pobreza. Foram cerca de 25 mil que melhoraram de condição, quando no Brasil houve aumento e mais de 1 milhão de pessoas voltaram à condição de abaixo da linha de pobreza"

Deputado Evandro Leitão (PDT)
Apontando o descompasso social entre o Ceará e o Brasil

32

Vagas

Estão sendo disponibilizadas prioritariamente para professores de inglês, espanhol e francês nas redes de escolas públicas em Especialização em Linguística Aplicada e Ensino de Línguas da UFC.

3

Semestres

São a previsão de realização do curso, que é gratuito. Das vagas, 20 são para ampla concorrência, quatro para negros, pardos e índios, quatro para pessoas com deficiência e quatro para servidores da UFC.

Quem constrói

O vereador Evaldo Lima (PCdoB, foto) apareceu na Câmara de Fortaleza com uma proposta bacana que só. Ele quer que as obras públicas municipais tenham placas com os nomes dos operários empregados na construção. "É uma forma de reconhecer a dignidade do trabalho", diz. O vereador Idalmir Feitosa (PR), de outro polo político, se prontificou a assinar o projeto conjuntamente.

E os antigos desafios?

A Secretaria do Turismo do Estado programou para amanhã um seminário com título no mínimo curioso: "Novos Turistas, Novos Desafios". Deve-se saudar a perspectiva de chegada de visitantes que alimentam o mercado promissor, tá certo, mas falar de novos desafios antes de vencer os antigos, parece estranho. O Ceará enfrenta dificuldades no campo da segurança pública, problema que é comum a todos os demais estados, e por isso mesmo deve respostas à sociedade. Investimentos públicos no setor, de fato efetivados, são pontos a serem destacados, mas há dados numéricos que exigem tratamento mais apurado.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.