Coluna

Comunicado: contra as desigualdades

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 06.04.2018

O Banco do Nordeste vai subsidiar com dados técnicos a comissão mista do Congresso que analisa medida provisória sobre encargos de financiamentos não rurais concedidos por meio dos fundos constitucionais. O colegiado só vai deixar à parte as operações de crédito educacionais. O texto, originário do Governo Federal, leva em consideração as desigualdades regionais. Os fundos constitucionais são alimentados por 3% da arrecadação do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados. E são fundamentais para políticas de desenvolvimento regional.

Image-1-Artigo-2381285-1
O lixo que se vê acima ocupa calçada que é, por direito, do pedestre. Está na Avenida Sargento Hermínio, esquina com Rua Padre Máximo Feitosa, no Bairro Presidente Kennedy. Comerciantes e moradores sofrem horrores.

50 mil

Reais são o limite de contratação de crédito para capital de giro que o Banco do Nordeste está oferecendo a micro e pequenos empresários. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste.

1,2 bilhão

De reais para capital de giro foram contratados em 2017 por empresas nordestinas no BNB. O presidente do banco, Romildo Rolim, avalia que o cenário para 2018 é favorável ao crescimento de operações assim.

"Acredito no homem público que tem o poder de unir e pacificar e aglutinar as forças, e não de hostilizar, agredir ou denegrir pessoas"

Deputado Evandro Leitão (PDT)
Jogando pesado contra o discurso da oposição: "sem nenhuma sugestão, sem nada que se possa extrair, tentando desgastar, desqualificar os governantes".

A cabeça docente

O vereador Renan Colares (PDT) apareceu com um projeto pra lá de curioso: está querendo que o sistema educacional de Fortaleza promova seminários de Direito Constitucional nas escolas públicas. O tema seria tratado como matéria extracurricular.

O corpo discente

Como parte da garotada das escolas da Prefeitura tem de 4 a 17 anos de idade, e por isso, quer mais em bater papo sobre videogame e namoro do que ouvir conversa de advogado, dá para imaginar o tanto de entusiasmo com que os alunos vão saudar a ideia de Renan, né não?

No cenário da cultura

Símbolo do bem para uns - que a avaliam como meio de democratização de verbas e políticas culturais - e do mal para outros - que a criticam como recurso para "privilegiados" -, a Lei Rouanet vai ser tema de seminário hoje em Fortaleza, resultado de parceria entre a Secretaria Estadual da Cultura e o Ministério da Cultura. O foco é o esclarecimento de produtores. Das 8h30min às 18h, no Centro Dragão do Mar.

 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.