Coluna

Comunicado: como você se move?

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 11.07.2018
O meio acadêmico, que responde pelas mais qualificadas pesquisas sobre transportes, deve ser favorecido pelos números coletados pelo estudo da Prefeitura. Afinal, além de Fortaleza, a visão se estenderá por mais 12 cidades

Eis a questão: em que condições se fazem os deslocamentos de pessoas e cargas em e Fortaleza e nos municípios próximos? A Prefeitura da Capital quer saber isso. Seria uma forma de viabilizar acesso estratégico, amplo e democrático a diferentes territórios. Uma pesquisa abrangendo essa dinâmica, e aspectos como origem e destino, está para ser executada. A ideia é que, a partir da apuração dos dados, sejam redesenhadas a distribuição e a integração de linhas de ônibus, reduzindo o tempo das viagens e integrando inovações que vêm surgindo no cenário municipal.

664 leitos

São o quantitativo a ser disponibilizado pelo Instituto Doutor José Frota quando for concluída a obra do IJF2. A unidade complementar deve ter a primeira etapa inaugurada em agosto próximo.

91 por cento

São, com a ampliação, o índice de acréscimo determinado para os leitos de UTI. Atualmente, a unidade intensiva dispõe de 33 leitos e é previsto o aumento para 63 leitos. O IJF tem 11 salas cirúrgicas.

"O projeto amplia as áreas de proteção ambiental da cidade, pois cria a Zona de Proteção das Dunas. Criamos ainda uma no bairro Jangurussu, eliminando área que era usada como lixão"

Vereador Ésio Feitosa (PPL)
Sobre mudanças no Plano Diretor Participativo do Município de Fortaleza

Corre-corre

A Assembleia Legislativa inicia hoje, já pertinho do recesso parlamentar, um calendário especial de votações. É um recurso para que os trabalhos não atrasem. O projeto da Lei de Diretrizes Orçamentária é, de longe, a pauta mais importante - essencial para definir despesas do Estado em 2019.

Perda de tempo

Caso os parlamentares abrissem mão de discursos, apartes e projetos irrelevantes, talvez fosse desnecessário um calendário mais corrido antes do recesso, que começa na próxima segunda-feira. Nos últimos dias, pautas da política nacional e da gestão de Fortaleza tomaram o plenário da AL.

Na zona de corte

Como as casas parlamentares estão em ritmo de apreciação das leis de diretrizes orçamentárias, vale observar: a federal, que deve ser analisada hoje pela na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, deve cortar despesas administrativas, vetar reajustes ao funcionalismo público e proibir novos incentivos às custas do orçamento. Os dias são auteros.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.