COLUNA

Comunicado: Armas políticas

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 12.06.2018
A matéria ainda irá à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e, sendo aprovada, não precisará ir a plenário, pois tem caráter conclusivo. Estão na CCJ os cearenses Genecias Noronha (SD), Vicente Arruda (PR) e Danilo Forte (PSDB), como titulares, e Moses Rodrigues, Gorete Pereira (PR) e José Guimarães (PT), na suplência.

Passou na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara federal - colegiado que se destaca mais pelo afã midiático do que pelo aprofundamento de debates acerca dos temas que lhes são compatíveis - projeto que autoriza vigilantes de carro-forte a trabalharem com armas de fogo e munições de uso restrito a agentes policiais e militares. A ideia é de que o pessoal embarcado possa portar em serviço equipamentos que atualmente são limitados a forças armadas e a corporações policiais, mas que criminosos também usam. Os deputados Ronaldo Martins (PRB) e Flávio Sabino (Avante) são os cearenses com funções de titulares na Comissão. Já Moses Rodrigues (MDB) e Vitor Valim (Pros) têm menos poder de fogo - são apenas suplentes.

4,2 milhões de reais

São a estimativa de valores movimentados pelo Programa Feiras de Pequenos Negócios, da Prefeitura de Fortaleza, que realizou cerca de 1.260 atividades desde quando foi lançado, em 2014.

2.006 artesãos

Já foram cadastrados para participar das Feiras de Pequenos Negócios. Sedes de secretarias regionais, terminais de ônibus, Vapt Vupt e outros espaços públicos têm recebido o programa.

"Foram mais de 400km de adutoras, mais 1.100 chafarizes, 500 sistemas de dessalinizadores e quatro mil poços profundos cavados"

Deputado Evandro Leitão 
Enumerando ações do Estado na mitigação de efeitos da seca.

Um olhar...

O Reino Unido está de olho em possibilidades de negócios em Fortaleza. Hoje, o cônsul Graham Tidey tem reunião no Paço Municipal para conhecer oportunidades de investimento na cidade - incluindo as parcerias público-privadas. Tidey é baseado em Recife e tem atribuições no Nordeste.

...Dois sentidos

O outro lado da questão é que o cônsul britânico vai explicar tintim por tintim a gestores da Prefeitura de Fortaleza como funcionam fontes de financiamento do Reino Unido para parcerias entre os setor público e a iniciativa privada. O encontro de hoje integra a agenda do Programa Fortaleza Competitiva.

Um olhar para os centros

Vereadores da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Fortaleza querem saber a quantas vão os centros socioeducativos da cidade, que são estaduais. Mesmo fora da competência municipal, os equipamentos atendem adolescentes da capital, diz a vereadora Larissa Gaspar (PPL), autora do requerimento. Ela explica que o "interesse é ver quais são as condições de trabalho dos profissionais e o cumprimento de medidas socioeducativas por parte dos adolescentes".

 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.