COLUNA

Comunicado: a vacina salva

roberto-maciel

Comunicado

ROBERTO MACIEL - roberto.maciel@diariodonordeste.com.br • Coluna da editoria Cidade

01:00 · 08.09.2018

Hoje tem mutirão de vacinação contra poliomielite e sarampo em postos de saúde de Fortaleza. Não só. Também haverá imunização nas Centrais de Distribuição de Medicamentos nos sete terminais de ônibus de Fortaleza e em diferentes praças das sete secretarias regionais. Associada ao esforço para vacinar a criançada de um a cinco anos de idade, há a orientação de estimular as famílias na responsabilidade de zelar pela saúde comum. “Para quem não tem como levar a criança ao posto de Saúde na semana, pois são pais e mães que trabalham, vamos até mais perto”, diz a secretária de Saúde, Joana Maciel.

vacina

A Prefeitura anuncia que dispõe de vacinas em quantidades superiores às que são necessárias, considerando os índices da faixa etária a ser imunizada. Melhor vacinar do que remediar, né?

112

postos

De saúde funcionam em Fortaleza. É importante que os pais levem a caderneta de imunização ao local de aplicação das doses, mas a criança poderá ser vacinada mesmo que não tenha os registros passados.

14

de setembro

É a data até quando vai a campanha de vacinação em Fortaleza - agora prorrogada. O objetivo da Prefeitura é atingir cobertura vacinal de 95% da população de um a cinco anos de idade.

" É uma compreensão que só perpetua o preconceito. Não podemos vacilar. Muitas ideias, direitos e conceitos precisam ter efetividade”

Vereador Guilherme Sampaio (PT) sobre os riscos que “um debate fundamentalista” pode impor às demandas sociais.

Trinca

Só há três cearenses na Comissão Especial da Câmara federal que vai analisar projeto que aumenta a pena máxima de prisão no Brasil de 30 para 40 anos e enrijece o regime disciplinar nas penitenciárias para integrantes de quadrilhas: Raimundo Gomes de Matos (PSDB), Gorete Pereira (PR) e Flávio Sabino (Avante).

Lentidão

Embora o endurecimento das punições para essa categoria de criminosos já tenha espaço nos debates sociais, com potenciais até de ser aprofundado nas campanhas eleitorais, há uma certa leseira política em relação ao tema. Para se ter ideia, a Câmara já adiou três vezes a instauração da Comissão Especial. Como se não fosse urgente.

Noves fora o Ceará

comunicado

O projeto que vai ser discutido foi elaborado por uma comissão de juristas coordenada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes (foto). Foi criada no segundo semestre do ano passado, reunindo oito componentes e tendo representação de diferentes estados - o Ceará não está na relação. E tem prazo de validade: deve ser apreciado em quatro meses.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.