ENSINO MÉDIO

Carga horária de ensino deve aumentar na Reforma

01:00 · 24.10.2017
Image-0-Artigo-2314570-1
A rede pública estadual conta com 189 escolas em tempo integral, das quais, 72 de Ensino Médio Regular e 117 de Educação Profissional ( FOTO: JOSÉ LEOMAR )

Uma das diretrizes a serem adotadas na Reforma do Ensino Médio será a Política de Fomento de Escolas em Tempo Integral, que deverá ocorrer de forma gradual. Com o ensino em tempo integral, a carga horária dos estudantes aumentará de 800 horas anuais para 1,4 mil, que poderão ser preenchidas em 40% com disciplinas optativas, de acordo com a vontade dos alunos.

Segundo a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), a ampliação da jornada escolar aumenta as oportunidades de aprendizagem que favorecem o desenvolvimento de competências cognitivas e socioemocionais. "Esse modelo converge com o papel de todos os envolvidos no processo educativo: família; professores; funcionários e comunidade", divulga em nota.

O órgão relatou, ainda, que a rede pública estadual conta com 189 escolas em tempo integral. Desse total, 72 de Ensino Médio Regular e 117 de Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP's). Atualmente, uma em cada quatro escolas funciona em tempo integral. Para o professor Enéas Arrais Neto, pós-doutor em educação voltada para formação integral do ser humano, o ensino de tempo integral é uma luta antiga dos educadores, que necessita de estrutura e investimentos. Segundo ele, a formação em tempo integral deve incluir atividades culturais e esportivas que possam tirar os alunos das ruas e envolvê-los no ambiente escolar.

"O sentido do Tempo Integral é ampliar a formação cultural, esportiva, dar visão a outros campos e ter alguém pra ajudar em trabalhos curriculares. O que se espera com isso é uma maior fixação do adolescente na escola e, nesse sentido, criar alternativas ao mundo nas ruas", salienta o professor.

O professor destacou que a reforma é uma oportunidade para que os alunos da rede pública possam desenvolver seus próprios interesses, como teatro e variados esportes. "Para tirar o jovem das ruas, é preciso dar oportunidades, criando algo que seja do interesse dele, chamativo. Temos que construir um espaço onde eles possam desenvolver-se livremente".

Temas

Segundo dados da Seduc, No Ceará, 31 municípios contam com Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, somando um número de 15,5 mil alunos. Cada escola oferta uma jornada de nove horas, garantindo três refeições diárias. O currículo é composto por 30 horas semanais de disciplinas da base comum a todos e 15 horas na parte flexível, sendo 10 escolhidas pelos alunos. Entre os temas, estão Esporte, Lazer e Promoção de Saúde; Artes e Cultura e Informática. Já as EEEP's foram implantadas em 2008 e, atualmente, somam 117 em todo o Estado, 21 só em Fortaleza.

O funcionamento é de 7h às 17h e os alunos aprendem uma profissão ao mesmo tempo em que fazem os três últimos anos da educação básica.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.