Baleia encalha na Barra do Ceará - Cidade - Diário do Nordeste

Cachalote

Baleia encalha na Barra do Ceará

21.03.2013

Uma baleia da espécie cachalote anão encalhou na Barra do Ceará e foi resgatada por pescadores e curiosos que estavam no local. O animal, encontrado na última terça-feira, tem cerca de 25 anos e pesa em média 250 quilos. A baleia estava aparentemente desorientada e com pequenas escoriações. Os pescadores conseguiram devolver o animal ao mar.

No litoral cearense, o encalhe de baleias e golfinhos tem um número bem elevado. Em 2012, foram 85 catalogados, no entanto, em 2010, ocorreu a maior quantidade de incidências: 105 animais encalhados, destes, 70 eram da espécie, boto-cinza. "São números considerados elevados, mas estes são apenas os casos registrados. O número real pode ser ainda maior", informa o coordenador de resgate do projeto Manatí Aquasis, o biólogo Antônio Carlos Amâncio.

O biólogo conta que as causas dos encalhes destes animais são diversificadas. Algumas estão relacionadas à poluição do mar. Os animais adoecem e são trazidos pela correnteza. Outros motivos são referentes aos artefatos de pesca, pois na maioria dos casos a pesca não é intencional, mas as baleias e golfinhos se enroscam nas redes e ficam presos, morrendo por asfixia. E quando conseguem se soltar, já estão muito cansados e debilitados.

O trabalho que o projeto Manatí Aquasis realiza vai além do resgate destes bichos. Os profissionais monitoram, catalogam e reabilitam os animais, e junto aos moradores e pescadores das regiões litorâneas, desenvolvem campanhas de conscientização e educação ambiental.


Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999