Policiamento Ambiental será ampliado

Área do Cocó é requalificada

A intervenção, avaliada em R$ 11,8 milhões, resultou na recuperação da Rua Tibúrcio Pereira, que liga a BR- 116 à Avenida Paulino Rocha; implantação de ciclovia e de câmeras de videomonitoramento, entre outras intervenções ( Foto: Cid Barbosa )
01:00 · 18.06.2018

Residir de frente para uma área verde, na Capital, pode ser considerado um privilégio - ainda quando a moradia é simples e a região carece de alguns serviços. Moradora do bairro Cajazeiras há 28 anos, a dona de casa Francina Távora da Silveira, 59, chegou à Rua Tibúrcio Pereira quando, segundo ela mesma descreve, era apenas "um beco cheio de mato dos lados".

Com a entrega da urbanização do Trecho III do Parque do Cocó, pelo governo do Estado e pela Prefeitura de Fortaleza, no último sábado, a vista a partir da casa de dona Francina é outra: uma rua larga, pavimentada com paralelepípedos e com o Parque do Cocó na outra margem. "Agora tá ótimo, dá para sentar na calçada, os carros passam e a gente deixa tudo limpinho", garantiu a dona de casa.

A intervenção realizada no local, avaliada em R$ 11,8 milhões, está dentro do programa Juntos por Fortaleza e resultou na recuperação da Rua Tibúrcio Pereira, que liga a BR- 116 à Avenida Paulino Rocha; implantação de ciclovia e de câmeras de videomonitoramento; instalação de equipamentos para atividades físicas e pista de skate; e proteção do parque com grade. "Antes, não passava nem caminhão de lixo, era difícil até de manter a rua limpa, mas agora tem coleta e os moradores cuidam direitinho", diz o pedreiro Esmerino Cavalcante, 30, também morador do local.

Segundo ele, o sentimento de preservação é forte entre quem reside por ali, tanto que, parte das árvores, ainda pequenas, foi plantada na rua pelos próprios moradores. "Todo mundo limpa um pouquinho, se ajuda, e a gente não joga lixo ali. A Prefeitura e o Estado têm que fazer, mas a gente precisa cuidar", argumenta o pedreiro.

O pintor Eudivan Braga Teixeira, 25, e o pedreiro Bruno Santos da Silva, 25, destacaram a facilidade de locomoção com a via recuperada, facilitando o acesso de transporte público e veículos particulares.

Obras em andamento

Durante a entrega do trecho reurbanizado, o governador Camilo Santana destacou a continuidade das obras ao longo do Parque do Cocó, que incluem a instalação de grades de proteção. "Ao longo de toda essa reurbanização, vamos colocar as câmeras de monitoramento para prevenir assaltos e crimes ambientais. Ainda tem muito caminhão que joga entulho, de madrugada, nessa via e dentro do Parque, e as câmeras vão inibir isso", salientou o gestor.

Camilo anunciou, ainda, a ampliação do Batalhão de Policiamento Ambiental, que passou a contar com 300 policiais, sendo 65 deles apenas para o Parque do Cocó. Também foi assinada a ordem de serviço para a criação da primeira Delegacia de Crimes Ambientais do Estado do Ceará, que, por enquanto, funcionará no Complexo de Delegacias Especializadas (Code), mas terá sede na Avenida Raul Barbosa.

Expansão

Presente na entrega, o secretário estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Artur Bruno, adiantou que será construída uma sede do Batalhão de Polícia Militar Ambiental no Maciço de Baturité, com previsão de inauguração ainda para este ano. Artur Bruno acrescentou, ainda, que a Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Ceará será expandida e agora se chamará APA do Rio Ceará - Maranguapinho.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.