292 anos

Aniversário de Fortaleza terá programação em toda a cidade

O objetivo é que se celebre a pluralidade, o talento das diversas linguagens artísticas e a diversidade

O cantor e compositor baiano Caetano Veloso, um dos ícones da Música Popular Brasileira (MPB), será a principal atração do aniversário de 292 anos da cidade de Fortaleza ( FOTO: JOÃO COTTA )
01:00 · 06.04.2018

Uma extensa programação marcará as comemorações de aniversário dos 292 anos de Fortaleza, que será celebrado no dia 13 de abril. A Secretaria Cultural de Fortaleza (Secultfor) divulgou o evento ontem (5) durante coletiva de imprensa. A festa, que tem como tema "Pra Falar de Amor", deve começar na sexta-feira (13), e se estende até o domingo (15) em toda a Capital, com atrações como Caetano Veloso, Marcos Lessa e um tributo ao cantor e sanfoneiro Dominguinhos.

A importância da festa, segundo o titular da Secultfor, Evaldo Lima, é que o aniversário da cidade seja a celebração da pluralidade, da diversidade e do talento das diversas linguagens artísticas de Fortaleza, além de promover uma programação descentralizada, que aconteça em todas as regionais.

"Queremos celebrar a memória da cidade e acreditamos que a melhor forma de construir uma cidade mais justa é exatamente falando de amor. Em tempos de vertigem, de fundamentalismo, em que as pessoas por vezes passam umas pelas outras e não se reconhecem, não se cumprimentam, nós acreditamos que falar de amor é uma necessidade e declaração à nossa cidade", relata o secretário.

No primeiro dia de evento, o público poderá conferir um show musical na Praia de Iracema, a partir das 17h, com apresentações de artistas locais, além do Tributo à Dominguinhos, que será cantado por vários artistas, entre eles Chambinho do Acordéon, Fausto Nilo e Waldonys. A grande atração ficará para o fim da noite, com o grande nome da Música Popular Brasileira, Caetano Veloso.

O evento é resultado de uma parceria com a Skol, empresa privada no ramo de bebidas alcoólicas que está patrocinando a festa. Segundo Salmito Filho, prefeito de Fortaleza em exercício, essa parceria com o setor privado economiza o dinheiro público para ser melhor utilizado a serviço da população.

"Isso é uma política pública de cultura e está em sintonia com o potencial que Fortaleza tem para o turismo. Fazer um circuito histórico é importante para autoestima do nosso povo", afirma Salmito.

Centro

Ainda na sexta-feira, uma programação especial será realizada no Centro de Fortaleza, na Praça Coração de Jesus. As atrações começam às 14h e terminam às 20h. Na ocasião, terá uma visita guiada de 'trenzinho' pelos pontos históricos do Centro, aulão de zumba e recepção às pessoas em situação de rua com meditação, conversa e lanche. "Não acreditamos em higienização social, queremos incluir, ampliar as possibilidades do exercício da cidadania e é por isso que nós vamos ter um café, uma roda de conversa com as pessoas em situação de rua", explica o secretário da Secultfor.

No sábado (14), Bom de Fortaleza anima as praças em todas as regionais da cidade com atividades diversas, como oficinas e danças. Além disso, o Mercado Criativo, que acontece de 16h às 22h, anima o Mercado dos Pinhões. No Mercado da Aerolândia, a partir das 19h30, duas bandas fazem a festa.

No segundo dia de evento, dia 14, às 10h, será inaugurada, no Autran Nunes, a Biblioteca Pública Cristina Poeta. O equipamento contará com acervo e programação voltada à Cultura Popular. Na inauguração, o público poderá conferir a apresentação do Grupo Tradições Folclóricas Raízes Nordestinas.

"A preocupação é ter um olhar mais atento às necessidades das pessoas da periferia. Uma cidade tão apartada, tão desigual, a gente tem que ter uma dimensão equitativa da realidade. O Autran Nunes é uma das regiões mais vulneráveis e nós celebramos a cultura popular e tradicional com o novo equipamento", relata Evaldo Lima. Segundo ele, a homenageada Cristina Poeta era uma lutadora das causas sociais.

Passeio Público

No domingo (15), último dia de evento, o Passeio Público conta com programação infantil às 9h. Além disso, será a primeira edição do Ciclofaixa Cultural, das 7h às 13h. Uma rota será feita por alguns pontos de valor histórico e cultural da Capital, como a Casa do Barão de Camocim e o Cine Teatro São Luiz, que estarão abertos à visitação. Na ocasião, a visita será guiada.

Ainda no domingo, às 17h30, uma apresentação circense com o Grupo Mirtes Circo (malabarismo, perna de pau, monociclo e palhaços) fará a alegria no Largo Luis Assunção, ao lado do Centro Cultural Belchior. As informações sobre a segurança durante o evento devem ser divulgadas no próximo dia 11 de abril pela Polícia Militar (PM) e Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). (Colaborou Ana Cajado).

Sexta-feira (13/4)

Aterrinho da Praia de Iracema: a partir das 17h

Atrações:

- Ghetto Roots

- Show "Para Cantar Fortaleza" com Gabriel Aragão, Vitor Calíope, Luh Lívia, Camila Marieta, Paulo Porto, Ludmila Amaral e Adriano Uchôa, com direção de Claudio Mendes

- Tributo a Dominguinhos, com Tarcísio Sardinha e Banda, Freitas Filho, Chambinho do Acordéon, Fausto Nilo, Amelinha e Waldonys.

- Marcos Lessa;

- Caetano Veloso, com o show "Caetano Moreno Zeca Tom Veloso".

Centro

(Praça Coração de Jesus)

14h15: Reflexão sobre a Cidade com a arquiteta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Ceará (IPHAN-CE), Célia Perdigão, e convidados;

14h45: Visita guiada pelo historiador Gerson Linhares;

15h50: Apresentações culturais com Instituto Povo do Mar e Escola Clóvis Beviláqua;

16h40: Aulão de Zumba com professores e alunos da Universidade Estácio de Sá;

17h30: Maracatu Vozes da África

19h: Recepção às pessoas em situação de rua pelos membros do Viva o Centro Fortaleza;

19h: Conversa com a psicóloga Alice Paz

19h30: Meditação, cantos de Paz, mantras e dança circular com Casa da Sopa e Viva o Centro

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.