Adiada

Exposições da Caixa Cultural Fortaleza são adiadas por conta da greve dos caminhoneiros

"Imensurável", de Felippe Moraes, e "Mestre dos Sonhos", de Francisco Brennand, tinham data de abertura para próxima terça-feira (29), mas foram adiadas. Materiais ficaram presos nas estradas

14:24 · 25.05.2018 / atualizado às 16:30
Artista Felippe Moraes
Felippe Moraes chegou a Fortaleza nesta sexta-feira (25). O artista mora em Portugal. ( Foto: Denise Adams )

Mais dois eventos em Fortaleza foram adiados por conta da greve dos caminhoneiros. As exposição "Imensurável", do artista carioca Felippe Moraes, e "Mestre dos Sonhos", do pernambucano Francisco Brennand, seriam abertas nesta terça-feira (29), mas foram adiadas. Felippe e o curador de "Imensurável", Alexandre Sá, que fariam uma visita guiada na abertura, já chegaram a Fortaleza.

Felippe Moraes reside atualmente em Portugal, onde faz doutorado em Arte Contemporânea no Colégio das Artes da Universidade de Coimbra. O artista veio ao Brasil para participar da estreia de sua exposição. Brennand é aclamado mundialmente por sua arte sincrética, ancestral e extremamente peculiar.

Segundo a Caixa, em breve uma nova nova data para as exposições será divulgada.

Programações adiadas

Nesta semana, o espetáculo "Grande Sertão: Veredas", com o ator Caio Blat foi adiado pelo mesmo motivo, o cenário ficou preso na greve dos caminhoneiros. A peça aconteceria neste fim de semana, mas foi remarcado para o dia 12 de agosto.

LEIA MAIS

> Espetáculo "Grande Sertão: Veredas" em Fortaleza é adiado para agosto 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.