ROMANCE

Obsessão, assassinatos e sombras passado

02:06 · 11.05.2013
Reunindo cenas de violência, momentos de suspense, ingredientes de mistério, esta obra é uma trama bem urdida

O estilo da autora tende ao despojamento, num claro desprezo à retórica, primando, assim, por uma prosa sucinta, explícita. A linguagem é, pois, concisa e sincopada, e uma das marcas da construção textual são os cortes abruptos da frase, uma vez que o em prego da elipse entra em harmonia com a suspensão da sequência dos acontecimentos, criando um clima de suspense e provocando a rapidez da cena, destacando-se também a valorização de detalhes: "Dodge encheu o pulmão de fumaça com uma demorada tragada e resmungou uma série de palavrões mal-humorados quando soprou. Apagou o cigarro e seguiu atrás de Ski, que abria caminho entre os arbustos, empurrando galhos de árvores e evitando habilmente os obstáculos naturais. Refazia o caminho por onde tinha chegado. Só que sem se preocupar com o barulho que fazia". Cai a noite, trazendo seus fantasmas.

Detalhe da capa do romance "Uma cliente inesperada", de Sandra Brown. A trama envolve situações cotidianas e a problemática da violência como sendo um lugar-comum nas grandes cidades

O protagonista

A figura do investigador Dodge Hanley surge como um tipo durão, com a singularidade de ser tomado por leituras dos homens e das cenas contemporâneas: "Ele conhecia o mundo e desconfiava dele. Praticamente nada o afetava. Era um homem empedernido quanto à crueldade que uma pessoa era capaz de impor a outra. Ah, quando via imagens de bebês famintos na África, ou guerreiros americanos feitos em pedaços em nome do deus de algum fanático, ficava comovido, mas era mais raiva do que pena. O sentimento de pena tinha pouco espaço no coração de um cínico de carteirinha. E o mesmo se aplicava a todas as emoções mais suaves". A narrativa transcorre de modo veloz, com personagens e fatos em processo de acumulação. Em geral, o recurso da descrição surge como uma estratégia para o aumento ou queda da ação dramática.

A trama

No meio da madrugada, um telefonema desperta o investigador Dodge Hanley, provocando-lhe também uma grande surpresa. Uma importante corretora de imóveis - Caroline King -, com quem ele teve no passado um relacionamento amoroso, faz apelos para que ele a ajude na solução de um caso nada convencional: é que a filha deles, Barry Malone, está sendo perseguida por um homem que, descontrolado, jurou matá-la. Duma feita, num acesso de fúria, tentando alvejá-la, fere gravemente Bem Lofland - membro da equipe de marketing na empresa controlada por Barry. O investigador revive momentos de 30 anos atrás, e uma sucessão de sentimentos contraditórios o envolve, em laivos de saudade e de raiva, de paixão e ódio. Uma mágoa que ele sempre carrega é de nunca haver convivido com aquela filha, e uma tragédia irá agora aproximá-los. Ele, porém, nada revela acerca da sua condição de pai. Nesta empreitada recebe a ajuda de um policial, Ski, também incumbido de apurar o caso.

Considerações finais

O enredo é narrado com agilidade e, a cada capítulo, novas revelações vão sendo apresentadas, fazendo com que a trama lembre uma estranha teia. Tomam conta do protagonista lembranças perturbadoras. Sabe que a filha corre perigo e que de suas pensadas atitudes dependem a segurança e o bem-estar de todos.

A ideia central da trama envolve obsessão e assassinato, bem como ganha relevo a fragilidade dos sentimentos humanos. As personagens, de quando em vez, mergulham em pensamentos, numa tentativa de compreensão do mundo e de si mesmas.

LIVRO

Uma Cliente Inesperada
Sandra Brown
ROCCO
2013, 432 Páginas
R$ 49,50

CARLOS AUGUSTO VIANA
EDITOR

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.