Fomento

O volume da cena

O programa "Volume Sessions", dedicado à cena de bandas autorais em Fortaleza, será lançado amanhã (23)

00:00 · 22.09.2017 por Felipe Gurgel - Repórter
Image-0-Artigo-2299926-1
De cima para baixo: Swan Vestas, Lilt (à esquerda), Rocca Vegas e Mad Monkees. Junto com a Old Books Room, integram o Musicoletiva ( Fotos: Divulgação/Eduardo Abreu )

Neste sábado (23), o grupo Musicoletiva e o Instituto Dragão do Mar lançam o projeto "Volume Sessions", programa musical veiculado pela internet e voltado à cena de bandas autorais de Fortaleza.

Um show marcará o lançamento a partir das 20h, no anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), na Praia de Iracema, com as bandas de rock Rocca Vegas, Swan Vestas, Lilt e Mad Monkees.

As quatro compõem o Musicoletiva atualmente e vão figurar nos episódios iniciais da websérie, disponibilizada em um canal no Youtube (/musicoletiva). O primeiro já se encontra publicado na rede, e os três próximos se debruçarão sobre o processo criativo da banda Swan Vestas.

No episódio de abertura, além da apresentação do grupo, o programa fala sobre aspectos da técnica da gravação. No segundo, o produtor Lucas Guterres (Magnolia Produções) avalia o processo dos músicos no estúdio.

No terceiro, o Volume Sessions traz a apresentação do clipe da banda. Além do Instituto Dragão do Mar e do Magnólia Produções, a produção tem sido articulada pela Aaarte Filmes e Plataforma Zero.

Público

Segundo o baixista Jones Vasconcelos (Lilt), um dos articuladores do Musicoletiva, a ideia de criar o "Volume Sessions" surgiu mais da vontade de realizar o programa (com foco na cena local) do que de repetir iniciativas similares.

"O Lucas Guterres, do Magnolia, nos procurou com o desejo de ajudar de alguma forma. Daí juntamos as expertises de cada um que compõe o coletivo e concebemos o formato. Temos no Musicoletiva publicitários, fotógrafos, videomakers, além dos músicos. E o Dragão chegou como co-realizador para validar e fortalecer a ideia", situa ele.

Todos os programas - três episódios para cada uma das quatro bandas - já estão gravados. De início, a ideia era registrar seis bandas, mas as quatro desta série já viabilizaram a primeira temporada.

Paralelo a shows e outras iniciativas do coletivo, o Volume Sessions tenta captar novos públicos para a cena musical, alinhado ao costume das pessoas (sobretudo jovens) de passar quase que o tempo inteiro conectado à internet.

"A gente acredita que a websérie, além de fortalecer o coletivo, fortalece, sim, a cena. Pois transmite o que as bandas estão produzindo. Isso faz com que as pessoas possam conhecer mais os artistas e, consequentemente, passem a curtir o som deles. E, a partir daí, podemos começar a formar novas plateias", vislumbra Jones Vasconcelos.

Como o canal é online, "sem dúvida, aproxima o programa dos jovens. (Mas) não só dos jovens, pois ele traz um conteúdo voltado para quem gosta de música e dos seus processos de produção. Teremos conteúdo técnico, por exemplo. Além do bate-papo e das performances ao vivo", detalha o músico.

Parcerias

Criado há um ano, o Musicoletiva hoje é composto por cinco bandas fortalezenses - as quatro da primeira temporada de "Volume Sessions", mais a banda de rock Old Books Room. Segundo Jones, o grupo é aberto, sobretudo para interessados quem tragam expertises além da música e "se façam plateia, antes de atração. É um conceito agregador', pontua.

"Ter banda em Fortaleza já é desafiador. Ter um coletivo, então, mais ainda. É preciso gostar muito do que a gente faz. Não é fácil. Porque é tudo muito voluntário, colaborativo. Na raça mesmo. Mas a gente acredita que as coisas só acontecem quando você vai atrás. Por isso, juntamos forças para a cena ganhar mais notoriedade", observa Jones Vasconcelos.

Dragão do Mar

O músico, também publicitário, percebe que esse caráter coletivo despertou o interesse do Instituto Dragão do Mar. A entidade dá suporte ao "Volume Sessions" através do Porto Dragão do Mar - iniciativa que investe na circulação estadual, nacional e internacional de artistas cearenses.

"Chegamos com algo concebido, uma ideia forte e formatada. O Dragão do Mar compactua com a nossa filosofia. E pra gente, é mega importante ter a validação do maior equipamento cultural (do Estado) para promover o programa, as bandas e a cena", sinaliza Jones Vasconcelos. O músico adianta que, após a veiculação desta primeira temporada, a segunda já está garantida.

Mais informações:

Show das bandas Rocca Vegas, Swan Vestas, Lilt e Mad Monkees, pelo lançamento do programa "Volume Sessions" (Musicoletiva). Neste sábado (23), a partir das 20h, no anfiteatro do CDMAC (R. Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Entrada franca.

Contato: (85) 3488.8600

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.