Mostra

Mostra começa amanhã

Filme "Eu, Daniel Blake", de Ken Loach, foi um dos selecionados pela curadoria para a mostra Expectativa. Longa levou a Palma de Ouro em Cannes em 2016
00:00 · 12.01.2017

As atrações do Férias no Dragão - Ceará em Alta intensificam-se hoje (12), com o início da 3ª edição da Mostra Retrospectiva 2016 / Expectativa 2017 no Cinema do Dragão- Fundação Joaquim Nabuco.

Ao todo, serão 85 filmes, oficinas gratuitas, lançamento de livro e debates com os realizadores. A Mostra segue até 25 de janeiro, com filmes que foram destaques no circuito cinematográfico, em 2016 - a exemplo de "Aquarius", "Elle", "Eu Daniel Blake", "Julieta", "As Caça Fantasmas" e "A chegada" - e novidades para 2017 - como "Martirio", "A Cidade onde Envelheço", "O Auge do Humano" e "Elon não Acredita na Morte".

Á programação tem espaço ainda para clássicos como "O Homem Que Caiu na Terra", "Hiroshima mon Amour", "Blow Up" e "Fitzcarraldo", restaurados em cópias digitais DCP 2k. Todos os longas-metragens serão exibidos em mais 90 sessões ao longo de duas semanas.

Hoje os trabalhos são abertos com sete títulos. Concorrente ao Oscar de melhor filme estrangeiro, o romeno "Sieranevada" (2016) inaugura a programação do dia. No drama de três horas, passado quase todo dentro de um apartamento, uma família tem discussões aparentemente sem sentido. A reunião funciona como alegoria local e universal para refletir sobre a sociedade romena pós-comunismo.

"Coração de cachorro" (2015), por sua vez, permite ao espectador imergir por um pequeno espaço de tempo na vida e obra da artista norte-americana Laurie Anderson (companheira da lenda do rock Lou Reed), a partir das experiências ao lado de sua cachorra Lolabelle, morta em 2011.

O chinês "A vida após a vida", de Zhang Hanyi; o italiano "A Espera", de Piero Messina; e o luso-franco-brasileiro "O ornitólogo", de João Pedro Rodrigues, são as apostas da parte Expectativa.

Já o elogiado "Eu, Daniel Blake" (2016), de Ken Loach, está numa posição "meio a meio": tendo acabado de estrear em Fortaleza, ganhou outras sessões na Mostra.

Debates

Outro destaque da Mostra são as atividades de formação em paralelo, incluindo debates abertos ao público com realizadores do Ceará e de outros estados após as exibições. Nesse sentido, vale ressaltar o lançamento, em Fortaleza, do livro "100 Melhores Filmes Brasileiros" com a presença dos escritores.

Uma parceria inédita com a Aceccine (Associação Cearense de Críticos de Cinema) irá promover duas mesas de debates temáticos, sobre cinema nacional em 2016 e crítica de cinema, uma oportunidade de dialogar sobre o cenário atual e construir diálogos.

Para finalizar as atividades paralelas, uma ação conjunta com a Escola Porto Iracema das Artes oferecerá duas oficinas. "Curadoria e Programação de Cinema" será ministrada por Eduardo Valente, curador do Festival de Brasília e delegado brasileiro do Festival de Berlim.

Já "Crítica de Cinema" acontece com Luiz Joaquim, programador do Cinema da Fundação Joaquim Nabuco e crítico do site Cinema Escrito e membro da Abraccine.

Mais informações:

Mostra Expectativa/Retrospectiva 2017. De hoje (12) até 25/01, no Cinema do Dragão-Fundação (R. Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema). Ingressos: R$14 (inteira); meia entrada para todos nas terças. Programação completa em facebook/dragãodomarPor fim, "Morangos Silvestres" (1957), de Ingmar Bergman, abre a temporada de títulos clássicos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.