Artes cênicas

Dia das Crianças no teatro

Fortaleza é a única cidade do Nordeste a receber o espetáculo infantil "Bonequinha de Pano", de Ziraldo

A atriz Renata de Lelis em cena como a boneca Pitucha: a partir de sua história pessoal, personagem aborda temas como encontros e ciclo da vida
00:00 · 12.10.2017

O Dia da Criança será comemorado em grande estilo de hoje (12) até domingo (15) na Caixa Cultural Fortaleza, com o espetáculo "Bonequinha de Pano", cujo texto é assinado por Ziraldo. A capital cearense será a única cidade do Nordeste a receber a montagem, que daqui segue para São Paulo. Algumas sessões contam com recurso de audiodescrição.

"Bonequinha de Pano" apresenta ao público as aventuras e as transformações que vivemos durante a infância, por meio da boneca Pitucha, que vive no sótão da casa da vovó desde que sua dona, a menina Leninha, cresceu e parou de brincar com ela. Certo dia, Pitucha acorda com uma movimentação diferente na casa, cujos sons a fazem lembrar do tempo em que brincava com crianças.

A partir daí, a boneca, vivida pela atriz Renata de Lelis, revive diversos acontecimentos de sua trajetória como brinquedo de pano, revelando as etapas do crescimento da menina Leninha, sua relação com os pais, com a avó, com os primos e os fatos da vida e suas consequências.

O tempo transcorre e a história apresenta o reencontro da boneca com sua menina, vinte anos depois, e a reflexão de Leninha sobre o ciclo da vida, com a simplicidade e a beleza de seus encontros e desencontros.

Produzida pela Thor Produções e Destemperados, ambas de Porto Alegre (RS), com direção de Dilmar Messias e produção de Lutti Pereira, a história é recheada de humor e poesia, cheia de ludicidade na interpretação, graças ao trabalho de pesquisa no teatro narrativo, da oralidade e nas formas animadas que visam alcançar o público de todas as idades.

"Produzir um espetáculo do Ziraldo é uma facilidade porque ele é um autor muito conhecido, muito adaptado. Mas a peculiaridade de 'Bonequinha de Pano' é que esse é o primeiro e único texto do Ziraldo escrito para teatro", ressalta a produtora Lutti Pereira.

Um dos mais conhecidos e conceituados autores de literatura infantil e infanto-juvenil brasileira, Ziraldo tem em sua bibliografia clássicos como "O Menino Maluquinho", "Flicts" e "Uma Professora Muito Maluquinha".

Inclusão

As sessões com audiodescrição visam promover a democratização de acesso a pessoas com deficiência visual e portadores de baixa visão às diversas manifestações do fazer cultural. O artigo 46 do Decreto no 3.298, de 20 de dezembro de 1999, exige que os espetáculos ofertem legendas ou audiodescrição. "Para a companhia é extremamente importante fazer essa sessões acessíveis. Sempre que possível a companhia oferece audiodescrição ou libras", explica Lutti.

Oficina

Paralelamente às apresentações, o grupo traz a "Oficina Da imaginação a Ação", voltada para crianças e jovens que tenham interesse de conhecer ou aprofundar seus conhecimentos sobre o teatro. Ministrada pela atriz que faz a boneca Pitucha, Renata de Lelis, as aulas abordarão exercícios corporais, vocais, improvisação e também criação de cenas.

A atividade acontece na sala de ensaio da Caixa Cultural Fortaleza e será divida em duas sessões para faixas etárias distintas. Hoje (12), o público atendido será de crianças entre 6 e 10 anos, das 9h às 12h.

A próxima aula acontece no sábado (14), também das 9h às 12h e atenderá jovens de 11 a 16 anos, com a limitação de 20 alunos por turma.

Mais informações:

Espetáculo "Bonequinha de Pano". Nesta quinta (12), às 15h (audiodescrição) e 17h; sexta (13), às 16h (audiodescrição); sábado (14) e domingo (15), às 17h, na Caixa Cultural Fortaleza (Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema). Ingressos: R$ 10 (inteira). Contato: (85) 3453.2770

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.