Matéria-1236488

00:51 · 26.02.2013
Releitura visionária

Principal single de "Low" (1977), "Sound and Vision", de David Bowie, ganha versão reimaginada e interativa por Beck em ação publicitária que bem poderia ser uma obra-prima da música

Beck Reimagines David Bowie´s ´Sound and Vision´ " está na rede há alguns dias, mas vale registrar aqui a sua grandiosidade na coluna Sound. Feita sob encomenda pela montadora Lincoln Motor para reforçar seu novo conceito de "clássico modernizado", o vídeo não só foi um golpe de inovação no mercado publicitário como é puro deleite aos fãs de música.

O projeto "Beck Reimagines David Bowie´s ´Sound and Vision´ " tem repercutido no mercado publicitário por reinventar um clássico de forma interativa e nunca antes imaginado

Quem viu, ficou emocionado. Não é um cover qualquer! Hit setentista, "Sound and Vision", de David Bowie, caiu como uma luva para essa proposta. Apesar da letra simples, a canção pop com pegada meio black, que já era musicalmente rica e complexa (cheia de cores e arranjos trabalhados), ganhou uma dimensão, dramaticidade e profundidade que talvez nem o próprio Camaleão imaginaria ir tão longe... A começar pela duração: dos habituais três minutos a música ganhou quase dez minutos de execução ao vivo.

Em outro vídeo, mostrando os bastidores da produção, Beck explica que é quando se toca propriamente a faixa que se tem a real "noção de ela como foi elaborada". "Essa música não tem um refrão convencional. Ela permite digressões, confusões e um pouco de caos", conta.

Imersão em 360º

Dirigido por Chris Milk, Beck rege um espetáculo em 360° com o objetivo de gerar uma experiência de imersão para a audiência. Rodeado por 167 músicos (é, literalmente uma orquestra com direito a maestro e até um poderoso coral no estilo gospel!) e por uma privilegiada plateia, o artista se apresenta no centro de palco circular com uma estrutura inédita de captação binaural do áudio.

Confira vídeo



A ideia do projeto era transmitir a mesma recepção de som para todos os presentes, independente do lugar em que cada pessoa estivesse sentada ou até mesmo para quem acompanha "offline", do computador. Os sons das dezenas de instrumentos e vozes vêm de todas as direções em torno do espectador, em vez da costumeira parede de som amplificada vinda em uma única direção.

A versão digital dessa apresentação recria justamente essa experiência. No site http://loadbalancer.beck360-production.com/main/beck360.html, é possível navegar pelo show, disponível em HD, e ter essa sensação de estar "in loco", especialmente, se estiver usando a webcam, quando a perspectiva do palco é alterada de acordo com o movimento da nossa cabeça. Doido, hein? Ah, não esqueça dos fones de ouvido, fundamental aqui para mergulhar nessa viagem. A sensação que se quer transmitir, de acordo com Chris Milk, é de ser a coisa mais próxima de estar perto do palco de um show. Além dessa visão panorâmica, é possível conferir, ao mesmo tempo, em uma janela menor, o "corte linear" (como eles chamam), a versão mais "normalzinha" com câmeras tradicionais (inclusive foi esta que deu para a gente disponibilizar aqui).

Para chegar a esse patamar de excelência, a equipe técnica precisou desenvolver equipamentos próprios para apreender a magnitude da experiência, considerando que não existem microfones binaurais. Isso o que é som e visão!

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.