coluna

Sopa de Letras: Pax

00:00 · 12.07.2016

Sara Pennypacker

Peter e sua raposa Pax são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Uma narrativa emocionante, com tradução de Regiane Winarski.

Intrínseca

2016, 288 páginas

R$ 39,90/e-book 24,90

Manual poético dos esportes olímpicos

Luís Ernesto Lacombe

O que poesia, história, esportes e Olimpíadas têm a ver? É essa a questão que o jornalista esportivo e poeta Luís Ernesto Lacombe se propõe a responder em seu novo título. Com divertidas ilustrações do designer Leo Queiroz e prefácio assinado por Pedro Bial, o "manual" combina humor, sensibilidade e uma boa dose de informação para falar dos 32 esportes que farão parte do programa dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. A cada esporte, um soneto do poeta, cuja paixão lírica foi despertada pelos livros de poesia dados pelo avô materno.

Escrita Fina

2016, 140 páginas

R$ 39,90

Canto do Uirapuru

Erica Bombardi

Passado no espaço rural brasileiro, "O canto do uirapuru" é uma aventura de fantasia para jovens protagonizada por Max, adolescente de 16 anos com uma vontade incontrolável de ir embora para a cidade grande. Assim, deixaria para trás a fazenda que teve tempos áureos na época do café, mas agora marcada pela decadência. De um dia para o outro, porém, uma novidade vem de longe para transformar a vida de Max. Um desafio, uma maldição e as surpresas do passado rondam uma história de disputas e paixões. "Canto do Uirapuru" destaca Bombardi no regionalismo literário atual. Trata-se do terceiro título da autora, que em 2012 fez sua estreia com "Além do deserto", além de ter lançado o infantil "Besouros".

Escrita Fina

2016, 156 páginas

R$ 34,40

Entropia

Alexandre Marques Rodrigues

O autor estreou na literatura com "Parafilias", vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2014 na categoria Contos, com elogios de críticos e colegas escritores. O título foi finalista do Jabuti e semifinalista do Oceanos. Agora, Rodrigues faz sua primeira incursão no romance, no qual demonstra novamente pleno domínio das técnicas narrativas, a partir de temas caros à sua produção, como corpo, sexo, silêncio, desencanto. Em três tramas paralelas, "Entropia" apresenta aos leitores um homem que vai atrás do túmulo de sua mãe, outro que enfrenta problemas graves no trabalho e um casal de amantes. Em comum a todos, estão suas histórias mal resolvidas, repletas de frustração.

Record

2016, 304 páginas

R$ 44,90

As crônicas de medusa

Stephen Baxter e Alastair Reynolds

Na década de 1970, o escritor Arthur C. Clarke - autor do clássico "2001 - Uma odisséia no espaço" - publicou um de seus contos mais celebrados. Em "Encontro dom medusa", ele narra as aventuras de Howard Falcon, capitão de uma aeronave que sofre terrível acidente e, para sobreviver, é transformado num ciborgue. Agora, pouco mais de 40 anos depois, Alastair Reynolds e Stephen Baxter dão continuidade à história. Com autorização dos herdeiros de Clarke, escreveram "As crônicas de medusa", sobre a independência e inteligência cada vez maiores dos robôs e o retorno de Falcon.

Record

2016, 434 páginas

R$ 49,90

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.