coluna

Sopa de Letras: O deserto do amor

00:00 · 18.07.2017

Laureado com o prêmio Nobel de Literatura em 1952, François Mauriac foi consagrado na literatura anos antes com a publicação de "O deserto do amor", que, em 1926, um ano após sua publicação, recebeu o Grande Prêmio do Romance Francês. O livro, considerado um dos mais importantes de Mauriac, traduzido para o português pela escritora Rachel de Queiroz e que sai pela primeira vez pela editora José Olympio, conta a história de um triângulo amoroso em que pai e filho são apaixonados pela mesma mulher. A trama se apresenta numa sequência de passeios entre o presente e o passado, e entre cenários de Paris e Bordeaux.

Image-4-Artigo-2270398-1

Livro de François Mauriac
José Olympio
2017, 182 páginas
R$ 34,90

Carbono alterado
Richard Morgan

Image-3-Artigo-2270398-1

Referência no gênero cyberpunk, a obra retrata a sociedade no século XXV, quando a humanidade avançou para toda a galáxia e morrer se tornou quase impossível. Isso porque os humanos possuem um implante no corpo onde suas memórias podem ser armazenadas. Se o indivíduo morrer, é possível fazer o download de tudo o que já viveu em um novo corpo, também chamado de capa. NEsse cenário, Takeshi Kovacs já foi reiniciado várias vezes. Ex-emissário da ONU, possui habilidades especiais. Após sua última morte em um planeta a 186 anos-luz de distância, ele acorda na Terra, inserido em uma nova capa e contratado para uma missão: investigar o assassinato de um milionário.

Bertrand Brasil

2017, 490 páginas
R$ 49,90

1988: Segredos da Constituinte
Luiz Maklouf Carvalho

Image-2-Artigo-2270398-1

Em 2017, completam-se 30 anos do início da Assembleia Nacional Constituinte de 1987-1988, que resultou na chamada Constituição Cidadã, marco formal da redemocratização brasileira. Desde então, o Brasil passou por dois processos de impeachment e quatro constituintes se tornaram presidentes da República: Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Michel Temer. FH e Temer (este antes de assumir a presidência, no ano passado), deram depoimentos para o livro de Maklouf , que reúne entrevistas dos principais personagens daqueles dois anos de trabalhos no Congresso. Lula não quis falar. Ao todo, o autor entrevistou 43 pessoas.

Record

2017, 504 páginas
R$64,90

O portal
Laura Ruby

Image-1-Artigo-2270398-1

Finalista do National Book Award e vencedor do Printz Award, o livro é uma história sobre amor, perdas e magia. Órfãos de pai e abandonados pela mãe, Finn e Sean O'Sullivan ficam sozinhos em Bone Gap até a bela e misteriosa Roza surgir em suas vidas. Finn logo se interessa pela garota - não por paixão, como todos acreditam, mas porque Sean voltou a sorrir graças a ela. Quando Roza some de maneira repentina, o povo da cidade não fica surpreso. Embora Finn tenha testemunhado seu sequestro por um homem cujo rosto ele não consegue lembrar, parece mais compreensível para todos na cidade que os irmãos tenham sido abandonados novamente. Enquanto isso, Roze se vê cativa de alguém que a quer apenas por sua beleza

Record

2017, 308 páginas
R$39,90

Confesse
Collen Hoover

Image-0-Artigo-2270398-1

Com a morte precoce de Adam, aos 16 anos, sua namorada, Auburn, ficou sem chão. Anos depois, agora morando no Texas, ela luta para reconstruir a vida. Em busca de um segundo emprego, percebe um estúdio de artes que está contratando. As pinturas de Owen, do no do ateliê, são inspiradas nos desabafos de outras pessoas, que podem ser postados anonimamente na porta. Há relatos de todo tipo, dos mais leves aos mais complexos.

Apesar da atração imediata entre Owen e Auburn, os segredos que o artista esconde podem afetar a vida da jovem e o único jeito é mantê-lo afastado. Para reverter esta situação, tudo o que ele precisa fazer é contar a verdade.

Record
2017, 320 páginas
R$39,90

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.