Coluna

Sopa de Letras: Marcio Renato dos Santos

00:00 · 14.03.2017

Outras dezessete noites

Image-3-Artigo-2213619-1

O escritor Marcio Renato dos Santos foi buscar na tradição a inspiração para pensar o contemporâneo. O "Livro das mil e uma noites", com suas narrativas curtas e interligadas, fornece o modelo que o autor construa uma coleção de contos que tematizam o jeito atual das pessoas vivenciarem impasses como o envelhecimento, o ódio, a falta de sentido da vida, o amor, a miséria e a vingança. Uma recorrência nas histórias de Marcio Renato dos Santos é a presença de mulheres, vistas a partir do cruzamento de olhares de suas pares e dos homens.

Tulipas Negras

2017, 124 páginas

R$ 40

 

A viúva

Fiona Barton

Três olhares se cruzam para contar uma história de crime e de mistério: a do detetive Bob Sparkes, a do jornalista Kate Waters; e a de Jean Taylor. A mulher é uma das figuras centrais de uma trama complexa. Ela foi casada por anos com um homem, suspeito de ter cometido um crime. Por todo o tempo, ficou ao lado do marido e manteve discrição quanto à verdade, apesar das ameaças e dos olhares acusadores. Após a inusitada morte de seu companheiro, Jean Taylor enfim pode falar a verdade, descrevendo não apenas o que sabia, mas como foram seus anos de casada com uma figura contraditória. A tradução do romance da inglesa Fiona Barton é de Alexandre Martins.

Image-2-Artigo-2213619-1

Intrínseca

2017, 304 páginas

R$ 44,90/ R$ 29,90

 

Diários do vampiro

L. J. Smith

Image-1-Artigo-2213619-1

Nova edição do romance de estreia da saga "Diários do vampiro", de L. J. Smith. A história é centrada num perigoso triângulo amoroso que envolve dois irmãos vampiros e a mulher mortal que eles disputam. O sucesso do livro rendeu uma adaptação televisiva. A série "Diários do vampiro", baseada nos títulos de Smith, renderam uma derivada na televisão, explorando a mitologia por ela criada. Stefan e Damon são irmãos que se odeiam. Em comum os dois têm o desejo por Elena, uma garota destemida que pode conquistar o que quiser, mas é assombrada pelo passado.

Tradução de Ryta Vinagre.

Galera Record

2017, 192 páginas

R$ 42,90

 

Às urnas, cidadãos!

Thomas Piketty

Image-0-Artigo-2213619-1

Thomas Piketty é autor do best-seller "O capital no século XXI", uma obra sobre o pensamento econômico contemporâneo. Seu novo livro, "Às urnas, cidadãos!", é a reunião de uma série de crônicas, publicadas na imprensa, em que ele analisa assuntos atuais, no contexto da economia mundial, como as dívidas nacionais, a redistribuição de recursos e a fragmentação do bloco europeu. Ele acompanha a escalada da desigualdade além da Europa e as turbulências enfrentadas por países como Estados Unidos, China, África do Sul, Índia e até o Brasil.

Tradução: André Telles.

Intrínseca

2017, 192 páginas

R$ 49,90/ R$ 34,90

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.