Coluna

Hermínio Bezerra: O sentido das palavras

frei-herminio

Frei Hermínio Bezerra

caderno3@diariodonordeste.com.br

00:00 · 17.04.2017

Na coluna de hoje eu destaco: desadouro; desafastar; desapear; descansar; desasnar; desastrado; desbastar, descangotar; descoivarado; desconhecido; desembestar; desgoelar-se e desinfeliz.

Desadouro s. M. Essa palavra tem várias grafias possíveis: desdouro, desdoro e desadoro. Todas elas são encontráveis ao longo do tempo. O sentido primevo é: tirar o ouro e a partir daí tirar o brilho, a fama, o bom nome e por extensão o valor de alguém. E ainda, genericamente, o termo que o sentido de demasiado, excessivamente. Nesse sentido João Clímaco Bezerra usou o termo na forma de advérbio: "... A água barrenta do Jaguaribe, em cujas cabeceiras chovia desadoradamente" (Sol Posto). Além desses sentidos o termo é usado no sentido de incontrolado e irresponsável.

Desafastar vb. Esse verbo usado no sertão, com que traz uma contradição, pois a partícula "des" que muitas vezes indica negação do que se diz, por exemplo: desordem = falta de ordem; desconfiança = falta de confiança... O termo desafasta no sertão é empregado no sentido de "afaste-se", saia daí, vá embora... Ouve-se a ordem: "desafaste daí e não demore!" Graciliano Ramos escreveu: "Desafasta, ordenou a polícia. Aqui tem gente" (Vidas Secas).

Desapear vb. É o mesmo que apear-se, desmontar-se = descer da montaria em que se está e pôr-se de pé. Este temo está em desuso no sertão, pelo simples fato de que hoje quase não se anda mais a cavalo. É curioso e mesmo estranho ver jovens tangendo animais de moto ou de bicicleta, mas não a cavalo.

Desasnar vb. Esse verbo com frequência aparece na forma "desarnar". Literalmente é des + asna = desemburrar, tirar a ignorância crassa de alguém através da instrução. Eu diria que as duas formas são usadas com frequência muito semelhante.

Desastrado adj. - s. M. O termo tanto é usado no sentido de falta de tato, jeito ou arte, como no de falta de juízo, de bom senso e inconsequência. Patativa do Assaré escreveu: "Eu devia aqui tê vindo / no tempo de cabra moço, / porém fui um desastrado, / já cheguei veio e cansado / e com a canga no pescoço" (Inspiração nordestina).

Desbastar vb. O sentido geral desse verbo é tornar menos espesso, desbravar o mato, que sufoca a plantação de milho e feijão. O termo também significa, polir a madeira, para tornar uma peça mais delgada, para encaixar-se em uma outra.

Descangotar vb. É ter a cabeça caída para trás em consequência de sono, vertigem, soco... Descangotar é não sustentar o pescoço. Leonardo Mota anotou de um repentista, essa bela quadrinha: "Me batizei por Inaço / Da Siqueira Patriota, / Dou tapas que aleja a venta, / Dou murros que descangota" (Cantadores).

Descansar vb. Termo eufêmico, muito comum no nordeste, em todas as classes sociais no nordeste para dizer: dar à luz, parir. Esse termo nunca se refere aos animais, mas apenas à mulher. Há o caso de um prefeito que teria dito: "Eu vou trabalhar e só vou descansar quando eu construir a maternidade!"

Descoivarado adj. Particípio passado do verbo descoivarar, isto é, terreno em que se retiraram as coivaras. Esse verbo está no VOLP. A coivara é o mato brocado e reunido em feixes, que será retirado, ou na queimado, às vezes. É uma técnica primitiva herdados dos nossos indígenas. Monteiro Lobato usou o termo: "No meio dela um terreiro descoivarado, entremostrara-se uma tapera" (Urupês, 1918).

Desconhecido adj. O primeiro sentido é o clássico: não conhecido. Raimundo Girão e Florival Serraine constatam o uso dessa palavra no nordeste rural como sentido de: mal agradecido, ingrato, não reconhecido com relação a um benefício recebido.

Desembestar vb. No sertão o termo é usado em relação a um animal, que parte em carreira desenfreada sem obedecer seu condutor, quando se trata de uma montaria. O termo tem o sentido figurado de "perder o controle": "Os preços dos alimentos desembestaram, o governo perdeu o controle sobre eles".

Desencabeçar vb. Literalmente o termo significa tirar a cabeça do lugar, mas não no sentido físico, e sim no sentido da moral e dos costumes. Portanto desencabeçar alguém é levá-lo a drogar-se, a prostituir-se... Curiosamente, toda mãe que tem um filho envolvido com drogas, diz: "foram as más companhias". O culpado é sempre o outro.

Desfiar vb. Esse verbo que é derivado do latim filum (substantivo neutro), significa puxar fio por fio... Mas no sertão ele é mais usado com relação a uma chuva fina que cai a uma certa distância e pode-se divisar-se os pingos como fios: Uma nuvem se desfia...

Desgoelar-se vb. Termo que ouve-se no sertão para dizer: "chorar aos berros". A mãe não pode sair de casa que o menino fica se desgoelando. Esse verbo tem a mesma conotação de contradição de que falei acima sobre o verbo "desafastar"

Desinfeliz adj. Essa é mais uma palavra com "des" em que a partícula tem o sem tido de "muito", "em excesso" e não "sem", como pode parecer inicialmente. Portanto, ao usar a palavra, o sertanejo está na verdade querendo dizer: "muito infeliz", desafortunado em excesso. O mesmo diga-se de desinquieto = inquieto demais.

Desmantelo s.M. No sertão o primeiro sentido dessa palavra é desorganização. Ela porém tem vários sentidos correlatos: desastre, perturbação, briga feia, tragédia... E similares que aparecem com certa frequência no linguajar do sertão.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.